Variedades

Melancia preta é vendida por mais de R$ 16 mil em leilão no Japão

Melancia Densuke vendida por 500 mil ienes no leilão de 2016 | Foto: Kyodo

Da variedade Densuke, a melancia foi vendida por 500 mil ienes, um valor próximo ao seu preço recorde, que foi de 650 mil ienes em 2008.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Uma melancia preta produzida na cidade de Toma, na Ilha de Hokkaido, no norte do Japão, foi vendida por 500 mil ienes (cerca de R$ 16,4 mil ou US$ 4,7 mil) no primeiro leilão desta temporada.

Da variedade “Densuke”, a melancia foi vendida no mercado de Asahikawa por um valor próximo ao seu preço recorde, que foi de 650 mil ienes, em 2008. Essa variedade, que se deferência das demais por sua casca negra e brilhante, cresce apenas na Ilha de Hokkaido. Ela é muito apreciada por sua textura crocante e pelo sabor mais doce.

De acordo com a cooperativa agrícola local, um total de 260 melancias desta variedade foram leiloadas e é esperada que durante a temporada sejam comercializadas cerca de 70 mil unidades, ao preço estimado de 5 mil ienes cada.

Adoração dos japoneses por frutas
Os japoneses não costumam economizar quando se trata de comprar frutas, um presente muito apreciado no arquipélago.

Nos grandes mercados e nas lojas especializadas, estas obras de arte da natureza são expostas como se fossem joias, protegidas por vidros ou uma rede de musseline branca.

Frequentemente vendidas por unidade, as maçãs, peras, pêssegos e uvas apresentam medidas perfeitas e deixam na boca um sabor agradável. Inclusive nos mercados comuns as frutas continuam sendo caras: uma simples maçã pode custar mais de três dólares, enquanto apenas uma uva de um cacho chega a ser vendido por 100 dólares.

Além disso, a compra de frutas de época e de marcas com qualidade rigorosa é considerada uma declaração de status no Japão, principalmente ser forem adquiridas em leilões, onde os altos preços também têm explicações que vão além da apreciação dos japoneses por fruta ou a perfeição e do cultivo diferenciado.

Um desses motivos também envolve a tradição de presentear os mais íntimos com frutas de qualidade, sendo que quantidade e preço são demonstrativos de afeto – quanto mais caro, maior o carinho.

Fontes: Agência Kyodo | NHK News.

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta