Variedades

Fazenda no Japão vira atração turística após nascimento de ovelhas raras

As ovelhas recém-nascidas são da raça Manx Loaghtan, nativas da Grã-Bretanha, uma das espécies mais antigas do mundo.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Três ovelhas recém-nascidas e de uma raça rara estão encantando e atraindo visitantes em uma fazenda na província de Chiba, no leste do Japão, informou nesta segunda-feira (21) a emissora pública ‘NHK’.

Segundo os responsáveis pela fazenda, as ovelhas são da raça Manx Loaghtan, nativa da Ilha de Man, na costa da Grã-Bretanha. Essa espécie de ovelha é uma das mais antigas do mundo, mas se tornaram raras desde que foram substituídas pelas ovelhas atuais por serem mais adequadas para reprodução, conforme noticiou a ‘NHK’.

Os três cordeiros têm menos de um mês, eles nasceram na fazenda no início de março. São dois machos (gêmeos) e uma fêmea.

Desde que nasceram, as ovelhas têm atraído um grande número de pessoas, que têm visitado a fazenda apenas para apreciá-las. Segundo os administradores, os visitantes têm visto as ovelhas de longe, geralmente dentro de veículos. Mas no sábado, o tempo chuvoso permitiu que eles desfrutassem de uma vista mais próxima dos cordeiros dentro de fazenda.

Os tratadores disseram à ‘NHK’ que estão ansiosos para descobrir o que vai acontecer com os gêmeos. Eles esperam que os animais desenvolvam uma fileira de quatro a seis chifres quando atingirem a fase adulta.

As principais características da raça Manx Loaghtan é a lã cor marrom chocolate e o grande número de chifres nos machos, que têm normalmente quatro, mas em alguns casos raros pode chegar a seis.

Por serem extremamente raras e, principalmente, por fazerem parte da história do Reino Unido, as ovelhas da raça Manx Loaghtan estão protegidas pela legislação da União Europeia.

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta