Variedades

Chef nos EUA cria sushi de cigarra frita

©Jiji Press

Defensor de alimentos sustentáveis, o chef Bun Lai aproveitou a invasão de cigarras nos EUA para criar o inusitado sushi.

Depois de 17 anos no subsolo, enxames de cigarras estão surgindo no leste dos Estados Unidos, e para um chef de Washington, nos EUA, a rara invasão de insetos foi sua deixa para criar um prato. Estamos falando do chef Bun Lai, um defensor do movimento de alimentos sustentáveis, que convidou os habitantes locais para uma caça a insetos em um parque da cidade, seguida de uma degustação de seu sushi de cigarra frito, informou o Japan Time citando a agência Jiji Press como fonte.

“Em um mundo onde estamos sofrendo com a maior pandemia da história – que não é a Covid, mas doenças relacionadas à dieta – teremos que adotar uma abordagem revolucionária sobre como estamos acostumados a comer”, disse ele, de acordo com o jornal japonês.

No fim de semana, o chef  com status de americano, mas nascido em Hong Kong, mostrou aos residentes como colher, cozinhar e preparar cigarras como forma de ensinar sobre métodos alternativos de cultivo e alimentação.

Bilhões de cigarras “Brood X” estão aparecendo em vários estados nos EUA, incluindo Maryland, Pensilvânia, Virgínia, Indiana e Tennessee.

Usando suas contas no Instagram e no Twitter, Bun anunciou quando iria “caçar” e cozinhar alguns insetos – e depois compartilhá-los gratuitamente.

“Caça de cigarras e churrasco grátis”, Bun tuitou. “Traga ingredientes para cozinhar e junte-se a mim para ser criativo ou apenas para degustar!”.

Para quem atendeu ao chamado, a aventura culinária começou com a coleta de cigarras e verduras comestíveis ao redor do parque sob a orientação de Bun. As cigarras foram então colocadas em uma jarra perto de outros ingredientes frescos ao lado de uma fogueira de carvão.

Chef Bun tempera as cigarras enquanto as frita no Fort Totten Park, em Washington | © Jiji Press

O chef temperou as cigarras com sal e algumas especiarias antes de fritá-las em uma grande frigideira.

Cigarras sendo preparadas na frigideira antes de ser o “recheio” de sushi criado pelo chef Bun Lai | © Jiji Press

Por fim, com os insetos fritos, eles foram usados como recheio, enrolados em folhas grandes de nori (alga desidratada) com shari (arroz de sushi) e vegetais.

O chef Bun Lai “enrolou” delicadamente as cigarras no arroz e na alga, no que se transformou no inusitado sushi roll de cigarra | © Jiji Press

Stella Roque, uma jovem de 36 anos que cresceu com medo de insetos, não estava muito ansiosa, mas viu isso como uma forma de superar sua fobia.

“Estou aqui hoje porque Bun Lai me convidou para experimentar cigarras cozidas e achei que seria uma experiência interessante”, disse ela. “Resolvi vir, já que tinha ouvido falar de todo o apocalipse da cigarra acontecendo na região”, acrescentou.

E ela não é a única a experimentar uma culinária inusitada. Os tacos de cigarras são itens populares do menu em restaurantes agora, de acordo com a revista The Washingtonian.

Stella, esperando o pior, disse que ela estava de fato “deliciosamente surpresa”.

“Na verdade, fiquei apavorada ao segurá-lo (sushi roll de cigarra) na mão”, disse ela. “Mas estava realmente muito saboroso”, completou.

No entanto, Bun alertou para que as cigarras não se tornem um “alimento gourmet”, disse isso temendo que os insetos pudessem ser “comidos desenfreadamente como fizemos com tantas espécies pelas quais nos tornamos obcecados ao longo do tempo”.

Insetos pode reduzir a fome no mundo

Segundo a Organização das Nações Unidas para alimentação e agricultura (FAO), os insetos poderão ser a resposta para o futuro na luta contra a fome.

A proposta é parte de um relatório sobre o potencial dos produtos existentes nas florestas, sendo os insetos uma fonte rica de proteínas que fazem bem à saúde.

Existem cerca de um bilhão de espécies conhecidas, que somam mais da metade de todos os organismos vivos classificados no planeta.

Os insetos são consumidos por quase dois bilhões de pessoas, principalmente na África e na Ásia. A China e Tailândia são os países asiáticos que mais consomem insetos. Saiba mais sobre o relatório AQUI.

== Mundo-Nipo (MN)