Cultura

Unesco reconhece complexos industriais da Era Meiji como patrimônio mundial

23 complexos que fizeram parte da revolução industrial japonesa ganharam hoje o status de Patrimônio Cultural da Humanidade.

Do Mundo-Nipo com agência Kyodo

O comitê da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) designou neste domingo (5) um grupo de complexos industriais da Era Meiji, que fizeram parte da revolução industrial japonesa, como Patrimônio Cultural da Humanidade,

A comissão tomou a decisão sobre listar as 23 instalações propostas pelo Japão em uma reunião finalizada hoje em Bonn, na Alemanha. Os locais, distribuídos por oito prefeituras, representam a rápida industrialização do Japão durante a Era Meiji, a partir do final do século 19 até o início do século 20.

A decisão estava programada para acontecer no sábado (4), mas foi adiada para este domingo devido a protestos da Coreia do Sul, que tinha levantado objeções sobre a inclusão dos complexos à lista de patrimônios da Unesco.

Seul argumenta que sul-coreanos foram forçados a trabalhar em sete das 23 instalações listadas. A península coreana estava sob o domínio colonial japonês entre 1910 e 1945.

A designação da Unesco é concedida a patrimônios culturais ou naturais considerados significativos para a história do mundo e pode ser acompanhada de fundos para preservação.

== Kyodo

*Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.