Cultura

“Beethoven japonês” diz não ser autor de suas principais obras

O compositor japonês Mamoru Samuragochi admitiu na última quarta-feira (05) que não é autor de suas principais obras.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

O compositor japonês Mamoru Samuragochi, conhecido como “Beethoven japonês”, admitiu na última quarta-feira (05) que não é autor de suas principais obras

Mamoru Samuragochi (Foto: Jiji Press)

Mamoru Samuragochi (Foto: Jiji Press)

Samuragochi, de 50 anos, surdo desde os 35 anos, confessou por meio do seu advogado que contratou uma pessoa para escrever suas principais composições.

Ele disse que contratou alguém que compusesse por ele desde 1996, quando lhe foi solicitado uma trilha sonora para um filme pela primeira vez. Neste ano o músico ainda não sofria de surdez total.

Samuragochi ficou famoso pela composição das trilha sonora do jogo “Resident Evil” em 1990. Ele também compôs a “Sinfonia Nº, Hiroshima”, em homenagem às vítimas do bombardeio atômico de 1945.

Neste ano, a rede NHK exibiu um documentário chamado “Melodia da Alma”, onde Samuragochi aparece compondo um réquiem para um menina que perdeu a mãe no terremoto e tsunami de março de 2011.

A gravadora do músico, Nippon Columbia, expressou “estupefação e revolta” com o caso.

As informações são da agência AFP.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta