Cultura

Governo de Tóquio censura ‘Younger Sister Paradise 2′ por conteúdo incestuoso

No mangá, um menino é assediado sexualmente por suas cinco irmãs mais novas.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

Um comitê do Governo Metropolitano de Tóquio determinou que o mangá erótico “Younger Sister Paradise 2” vai ser classificado como uma “publicação prejudicial” aos jovens, informou nesta terça-feira (13) o jornal Sankei Shimbun.

 

Mangá Younger Sister Paradise 2 (Imagem: Reprodução)

No mangá, um menino é assediado sexualmente por suas cinco irmãs mais novas (Imagem: Reprodução/Sankei Shimbun)

 

O comitê considerou que “Younger Sister Paradise 2” (Paraíso das irmãs mais novas, em tradução livre), publicado em abril pela editora Kadokawa Shoten, inflige um decreto sobre o desenvolvimento saudável dos jovens. A designação é a primeira de seu tipo desde que o decreto entrou em vigor, em julho de 2011.

O decreto é aplicado em publicações que glorificam ou retratam certos atos sexuais que podem violar a lei na vida real. A decisão do comitê foi unânime. “Uma ordem oficial a respeito da decisão está prevista para ser emitida pelo governo aos editores na próxima sexta-feira”, detalha o Sankei em sua publicação.

Em “Younger Sister Paradise 2”, um menino chamado Keiichi é assediado sexualmente por suas cinco irmãs mais novas enquanto estão de férias no exterior. O mangá é adaptado de um game para adulto, de mesmo nome, lançado pela Moon Stone Cherry.

Como resultado da censura, leitores com idade inferior a 18 anos não poderão comprar, alugar ou fazer download de “Younger Sister Paradise 2”.

A exibição do mangá no comércio público também foi restringida. Livrarias e bancas de revistas terão de estocar o título em uma seção restrita aos adultos.

Além disso, uma multa de 300 mil ienes (US$ 3 mil) será aplicada aos infratores, de acordo com o Sankei.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta