Cultura

Museu Osamu Tezuka marca 20º aniversário com mostra de criador do ‘Astro Boy’

O museu está promovendo uma grande exposição das obras de Osamu Tezuka, um dos mais renomados artistas de mangá e anime do Japão.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

Comemorando seu 20 º aniversário, o ‘Osamu Tezuka Manga Museum’ (Museu do Mangá Osamu Tezuka, em tradução livre) está promovendo uma grande exposição com obras originais do artista que leva o nome do museu,  Osamu Tezuka, um dos mais renomados artistas de mangá e anime do Japão.

 

Exposição Tezuka Osamu: The Biggest Creator on Earth (Foto: Osamu Tezuka Manga Museum)

Intitulada “Tezuka Osamu: The Biggest Creator on Earth”, a exposição tenta interpretar as criações do famoso artista ao longo de sua trajetória como criador de mangas (Foto: Osamu Tezuka Manga Museum)

 

Em exibição estão 146 páginas desenhadas à mão pelo artista, todas originais. Intitulada “Tezuka Osamu: The Biggest Creator on Earth”, a exposição tenta interpretar as criações do famoso artista ao longo de sua trajetória como criador de mangas (mangaka). Astro Boy foi o primeiro mangá a ser adaptado para anime e transformado em filme, no qual ficou conhecido no mundo inteiro na década de 1960. Por isso Tezuka Osamu é lembrado por muitos no Japão como o “pai do mangá moderno”.

Tezuka trabalhou até a sua morte em 1989, aos 61 anos. Durante sua vida, o inovador artista produziu cerca de 700 obras. Ele tinha uma visão clara dos temas usados em seu trabalho ao longo da gloriosa carreira.  O artista possuia um profundo respeito pela vida e pelo ser humano. “Baseou tanto sua conduta pessoal como seu trabalho nas experiências de vida real que sofreu durante a Segunda Guerra Mundial, quando escapou por pouco da morte”, detalhou o jornal The Asahi Shimbun.

Além disso, Tezuka testemunhou como os avanços da ciência e da tecnologia teve efeitos positivos e negativos sobre a vida humana, e viu a estrutura social passar por mudanças dramáticas. Tezuka passou a tratar de questões como “a natureza, a ciência e o homem no espaço exterior”.

A exposição especial define o trabalho de Tezuka como “literatura padrão” para o povo japonês da atualidade. Um de seus trabalhos que define bem a obra de Tezuka como literatura é a série “Hi no Tori (Phoenix)”, que conta a história do homem eternamente fixado na busca pela imortalidade. O enredo gira entorno do futuro e da pré-história. Através de sua interpretação única sobre a filosofia de vida do “sagrado Buda”, Tezuka lidou com o tema de vida e morte. A mostra conta com manuscritos originais dessa obra épica.

Além de vários clássicos, a exposição conta com manuscritos de três obras inacabadas, incluindo “Gringo”, que tenta estudar a identidade japonesa através dos olhos de um homem que trabalha para uma grande empresa comercial. Estas peças, que infelizmente foram abruptamente abreviadas, mostram como Tezuka se dedicou ao trabalho até o dia de sua morte.

 

A exposição conta com obras originais de clássicos como Astro Boy, Ribon no Kishi (Princess Knight) e Black Jack (Foto: Osamu Tezuka Manga Museum)

A exposição conta com obras originais de clássicos como Astro Boy, Ribon no Kishi (Princess Knight) e Black Jack (Foto: Osamu Tezuka Manga Museum)

 

SERVIÇO

Tezuka Osamu: The Biggest Creator on Earth

Local: Osamu Tezuka Manga Museum

Endereço:  7-65 Mukogawa, Takarazuka, Prefeitura  de Hyogo

Data: em exposição até 30 de junho

Horários: fechado às quartas-feiras, exceto em 26 de março e 2 de abril

Entrada: 700 ienes (cerca de US$ 7) para adultos / crianças têm desconto.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta