Esportes

Brasileiro segue implacável e vence mais uma no torneio de sumô em Nagoya

Até agora, Kaisei venceu três em quatro confrontos e tem grandes chances de terminar o torneio com um excelente registro de vitórias.

O lutador do Brasil, Kaisei, continua demolindo seus adversários e fazendo por merecer o posto de sekiwake que alcançou, por mérito, após sua excelente participação no torneio passado. Nesta quarta-feira (13), o brasileiro alcançou a terceira vitória no quarto dia de competição do Torneio de Sumô de Nagoya, disputado na arena do Aichi Prefectural Gymnasium, em Nagoya, capital da província de Aichi, na região central do Japão.

Kaisei derrotou nada menos do que o Komusubi Kotoyuki, que é considerado uma das promessas do Japão para alcançar o dificílimo posto de yokozuna.

Atuando no terceiro maior posto do sumô, o brasileiro, no entanto, não teve vida fácil contra o komusubi de 25 anos, que levou vantagem logo no início do combate. Porém, Kaisei conseguiu resistir às violentas investidas de Kotoyuki até virar-se, quando já estava com o pé próximo ao limite do ringue, e assim tomar uma postura ofensiva para conduzir o komusubi além dos limites do anel. Kotoyuki tem agora quatro derrotas, enquanto Kaisei soma três vitórias e apenas uma derrota.

Kaisei está conseguindo não só chamar a atenção da mídia japonesa, mas também sendo apontando como a maior promessa entre os lutadores estrangeiros ocidentais para alcançar o seletíssimo posto de ozeki.

Enquanto isso, o yokozuna Kakuryu deixou o torneio por motivo de contusão, o que beneficiou o komusubi Takayasu, que soma agora três vitórias e uma derrota.

Já os outros dois yokozunas conseguiram confirmar o favoritismo, com Harumafuji derrotando Mitakeumi (maegashira número 1), enquanto Hakuho venceu facilmente ou outro maegashira top, Tochiozan. Contudo, Harumafuji tem a desvantagem de uma derrota, sofrida no dia anterior. Já o recordista de títulos, Hakuho, segue invicto e lidera o torneio ao lado de mais seis lutadores.

Lutando este torneio em busca de uma promoção à yokozuna, o ozeki Kisenosato, do Japão, também manteve a invencibilidade ao derrotar Okinoumi (maegashira 2), que ontem conseguiu o intento de vencer o yokozuna Harumafuji.

Para conseguir a promoção, o ozeki japonês precisa vencer este torneio ou ser vice-campeão com um mínimo de 13 vitórias, ou seja, atingir o mesmo desempenho alcançado no torneio passado. Mas, mesmo assim, a promoção será avaliada pela comissão dos membros da Associação Japonesa do Sumô (Nihon Sumo Kyokai). Contudo, Kisenosato prometeu conquistar o título em Nagoya, o que lhe dará uma promoção direta ao posto mais elevado do sumô.

Posto de yokozuna
A posição de yokozuna tem sido amplamente dominada por lutadores estrangeiros à quase duas décadas. O último japonês a alcançar este seleto e dificílimo posto foi Wakanohana, em 1998.

O posto maior do sumô, único que não é permitido rebaixamento, é um dos mais difíceis de ser atingido entre todos os postos máximos de cada esporte marcial (luta) existente no mundo. Isso porque o sumô tem mais de mil anos de existência e desde o início da era moderna do sumô, que começou após a Primeira Guerra Mundial, em 1908, apenas 71 lutadores conseguiram chegar a esta seleta posição.

O primeiro estrangeiro promovido a yokozuna foi Akebono, do Havaí (EUA), em 1993. Depois dele, mais cinco estrangeiros chegaram à posição, um havaiano (Musashimaru, em 1999) e quatro da Mongólia (Asashoryu, Hakuho, Harumafuji e Kakuryu, em 2003, 2007, 2012 e 2014, respectivamente).

O último japonês yokozuna a se aposentar foi Takanohana, em 2003. Ele chegou ao posto em 1994 e conquistou impressionáveis 22 títulos no Makuuchi.

Veja abaixo os resultados da Makuuchi (primeira divisão do sumô) nesta quarta-feira, quarto dos quinze dias de competição no Grande Torneio de Sumô de Nagoya (Nagoya Basho) 2016, que teve início no dia 10 deste mês na arena do Aichi Prefectural Gymnasium, em Nagoya, e decorrerá até o dia 24 deste mês:

Azumaryu (*Juryo 1) [2-1] venceu Sadanofuji (Maegashira 15) [1-2]
Técnica: yorikiri

Kitaharima (Maegashira 15) [2-2] venceu Hidenoumi (*Juryo 2) [2-2]
Técnica: tsukiotoshi

Sadanofuji (Maegashira 15) [2-2] venceu Kagayaki (Maegashira 14) [1-3]
Técnica: oshidashi

Arawashi (Maegashira 16) [4-0] venceu Toyohibiki (Maegashira 13) [1-3]
Técnica: tsukiotoshi

Nishikigi (Maegashira 14) [1-3] venceu Takanoiwa (Maegashira 10) [2-2]
Técnica: yorikiri

Chiyonokuni (Maegashira 9) [2-2] venceu Daieisho (Maegashira 11) [1-3]
Técnica: oshidashi

Tamawashi (Maegashira 12) [2-2] venceu Sokokurai (Maegashira 9) [2-2]
Técnica: oshitaoshi

Chiyootori (Maegashira 8) [4-0] venceu Tokushoryu (Maegashira 12) [2-2]
Técnica: yorikiri

Sadanoumi (Maegashira 10) [3-1] venceu Daishomaru (Maegashira 7) [2-2]
Técnica: yorikiri

Aoiyama (Maegashira 6) [1-3] venceu Takekaze (Maegashira 8) [1-3]
Técnica: oshidashi

Shodai (Maegashira 5) [3-1] venceu Endo (Maegashira 6) [0-4]
Técnica: yorikiri

Ichinojo (Maegashira 7) [4-0] venceu (Maegashira 4) Ikioi [1-3]
Técnica: yorikiri

Yoshikaze (Maegashira 5) [4-0] venceu Myogiryu (Maegashira 3) [1-3]
Técnica: oshitaoshi

Kaisei (Sekiwake) [3-1] venceu Kotoyuki (Komusubi) [0-4]
Técnica: oshidashi

Goeido (Ozeki) [2-2] venceu Shohozan (Maegashira) 4 [1-3]
Técnica: oshidashi

Takarafuji (Maegashira 2) [3-1] venceu Kotoshogiku (Ozeki) [0-4]
Técnica: okuridashi

Kisenosato (Ozeki) [4-0] venceu Okinoumi (Maegashira 2) [1-3]
Técnica: yorikiri

Terunofuji (Ozeki) [4-0] venceu Tochinoshin (Sekiwake) [0-4]
Técnica: yorikiri

Harumafuji (Yokozuna) [3-1] venceu Mitakeumi (Maegashira 1) [0-4]
Técnica: yorikiri

Takayasu (Komusubi) [3-1] venceu Kakuryu (Yokozuna) [**2-2]
Técnica: defaut – lutador não compareceu ao confronto

Hakuho (Yokozuna) [4-0] venceu Tochiozan (Maegashira 1) [2-2]
Técnica: yorikiri

Especificações e significado dos símbolos
• Os postos/graduação estão entre parênteses (Maegashira, Komusubi, Sekiwake, Ozeki e Yokozuna), após dos nomes de cada lutador. O número após o posto de Maegashira representa a colocação dos lutadores nessa graduação, que são em duplas e vão de 1 a 16.
• Números entre colchetes significam o resultado atual de cada lutador: o primeiro número representa a quantidade de vitórias, enquanto o número posterior representa o somatório de derrotas.
• Um asterisco significa que o lutador pertence à divisão Juryo (segunda divisão do sumô).
• Dois asteriscos significam que o lutador não compareceu ao confronto, podendo ser por motivos de contusão ou não.
• Após “técnica” está o nome do golpe usado pelo vencedor para derrotar o adversário.

Confira o vídeo com as lutas de hoje (créditos: Kintamayama/YouTube):

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Deixe uma resposta