Esportes

Tênis: Naomi Osaka conquista WTP no Japão

Foto: Reprodução/Kyodo

Osaka conquistou o titulo em sua cidade natal, em Osaka. Ela é a primeira japonesa a vencer um Grand Slam e a chegar ao topo do ranking.

A tenista japonesa Naomi Osaka derrotou a russa Anastasia Pavlyuchenkova na final do Toray Pan Pacific Open, também chamado de WTA de Osaka, em partida realizada no domingo (22) em Osaka, no centro do Japão. Foi o quarto título WTA da japonesa, sendo este o primeiro desde que venceu o Aberto da Austrália em janeiro, o que a levou a figurar como número 1 no tênis mundial feminino.

Jogando na cidade em que nasceu e da qual tem o mesmo nome, Osaka venceu Pavlyuchenkova por dois sets a zero, com parciais de 6/2 e 6/3 em partida realizada no ITC Utsubo Tennis Center, em Osaka.

A cabeça de chave e número 4 do mundo teve 100% de aproveitamento no primeiro serviço e postou quatro aces contra a russa, que é a 41ª do mundo.

“Eu queria demais este título”, declarou Osaka na coletiva após jogo.

Esta foi a terceira final da japonesa no torneio, sediado em Tóquio nas últimas edições. Nas últimas duas, contudo, o resultado foi adverso. Em 2016 ela, perdeu contra Caroline Wozniacki e em 2017 foi derrotada pela tchsca Karolina Pliskova.

Osaka também devolveu na mesma moeda o último jogo contra Pavlyuchenkova. Em 2017, elas se encontraram na final do WTA de Hong Kong, com vitória da russa. Mas, neste domingo a estrela japonesa acertou a mão nos saques e não permitiu nenhum break point para a rival. 

No primeiro set, a japonesa foi rápida e aplicou uma quebra para fazer 2/0. Então, ela venceu de 0 o game seguinte, deixando o placar geral em 3/0. Com mais uma quebra com o jogo em 5/2 ela fechou a parcial.

Pavlyuchenkova conteve mais a adversária no set seguinte. Os 6 break points salvos, no entanto, não foram suficientes para estragar a festa dos fãs japoneses. Osaka venceu todos os pontos em seu primeiro serviço e efetuou uma única quebra, no quarto game, para ficar com o troféu.

Com o resultado, Osaka sai de sua cidade natal sem perder sets. Nem a rodada dupla enfrentada no sábado foi capaz de parar a japonesa, que não vencia um torneio desde a conquista do Australian Open.

SAIBA MAIS

“É realmente especial para mim vencer aqui [em Osaka]. Esta é a cidade onde nasci e, honestamente, acho que isso me deu forças para ser constante jogo após jogo”, declarou.

Naomi Osaka, de apenas 21 anos, se tornou a primeira tenista nascida no Japão a vencer um Grand Slam no US Open, além de ser a primeira japonesa a chegar ao topo do ranking.

MN – Mundo-Nipo.com
Fonte: Kyodo News.