Esportes

Sumô: Hakuho conquista 36º título e brasileiro encerra com ‘11 vitórias’

Kaisei realizou o melhor torneio da carreira na primeira divisão do sumô, enquanto o yokozuna Hakuho ampliou seu recorde de títulos.

O yokozuna Hakuho derrotou neste domingo (27) seu companheiro de posto e compatriota, ou seja, o mongol Harumafuji, o que lhe rendeu o 36º título da careira no último dia de competição da edição 2016 do Grande Torneio de Sumô de Primavera, no qual o brasileiro Kaisei encerrou com o excelente registro de onze vitórias – melhor atuação dele em torneios da seleta divisão Makuuchi.

Ao entrar na arena, Hakuho tinha praticamente o controle de seu próprio destino na competição, já que lhe bastava apenas vencer para evitar uma luta de desempate. E foi justamente isso que o lutador mais bem sucedido na história sumô fez. No entanto, o grande campeão usou de uma técnica considerada “vergonhosa”, que os japoneses chamam de “henka”, para superar seu adversário, o que provocou muitas vaias do público que lotou a arena do Bodymaker Colosseum, em Osaka.

O recordista de títulos tem dominado a divisão Makuuchi nos últimos anos, mas não ganhava um título de campeão desde o torneio em Nagoya, em julho do ano passado.

Hakuho, cuja única derrota ocorreu no dia da abertura do torneio, se desculpou pela forma como derrotou Harumafuji, mas as centenas de espectadores já haviam deixado a arena antes do campeão falar ao público durante a entrega dos vários e gigantescos troféus.

“Ganhar um campeonato já parecia distante ao longo destes últimos oito meses”, disse Hakuho enquanto lutava para conter as lágrimas.

“Perder (no primeiro dia do torneio) me deu forças, foi uma boa dose de remédio para mim. Eu lutei bem a partir do segundo dia, mas jamais planejei vencer no final do dia (competição) com um ‘henka’ […] Me sinto muito mal com isso”, disse ele diante de um “Bodymaker Colosseum” praticamente vazio.

Segundo críticos, Hakuho já havia planejado usar a técnica vergonhosa, em vista que ele vinha de três derrotas consecutivas para Harumafuji que, por sua vez, participou deste torneio com graves contusões, principalmente no joelho e braço, que são lesões antigas e já o tirou de um torneio no ano passado. Mesmo assim, Harumafuji encerrou o torneio com um registro positivo de nove vitórias e seis derrotas.

No confronto entre os únicos lutadores ainda com chances de conseguir o título, o que dependeria de uma derrota de Hakuho, o ozeki Kisenosato levou a melhor sobre o ozeki Goeido, que terminou com doze vitórias e três derrotas, enquanto Kisenosato foi o vice-campeão do torneio, com treze vitórias e apenas duas derrotas.

Já o yokozuna Kakuryu chegou a 10ª vitória após derrotar o ozeki Kotoshogiku, que vinha lutando desanimado desde que sofreu a terceira derrota na competição, o que o tirou da briga pelo título em Osaka.

Campeão do torneio anterior, Kotoshogiku lutava por um bi-campeonato, o que resultaria em uma promoção automática ao dificílimo posto de yokozuna. O último japonês a atingir a graduação máxima do sumô foi Wakanohana, em 1998. Desde então, o posto tem sido ocupado por lutadores estrangeiros.

Enquanto isso, Kaisei foi motivo de alegria para os brasileiros e foco de elogios da mídia esportiva japonesa. Neste último dia de confrontos, o brasileiro confirmou a boa fase ao derrotar com extrema facilidade Akiseyama (Maegashira 16).

Como resultado, Kaisei terminou o torneio com o excelente registro de onze vitórias e quatro derrotas, o que pode ser considerado como a melhor participação dele em torneios na divisão Makuuchi.

O ótimo desempenho de Kaisei resultará em uma excelente promoção para o próximo torneio, podendo figurar no topo dos maegashira ou, quem sabe, no posto de Komusubi, o que dependerá da avaliação do conselho da Associação Japonesa de Sumô (Nihon Sumo Kyokai).

Entre os candidatos à maegashira top e a Komusubi estão os japoneses Myogiryu (Maegashira 6) e Ikioi (Maegashira 4), que terminaram com 10-5, Shodai (Maegashira 6), com 9-6, e Okinoumi (maegashira 2), com 8-7, além do  mongol Ichinojo, que mesmo atuando como Maegashira 11 tem chances de atingir boa promoção porque terminou com o mesmo registro de Kaisei, ou seja, onze vitórias e quatro derrotas.

Contudo, uma promoção a Komusubi ou a Sekiwake já está garantida para o japonês Kotoyuki (Maegashira 1), dado o fato de que ele conquistou doze vitórias, o que lhe rendeu o prêmio Outstanding Performance (excelente performance) dos membros da Nihon Sumo Kyokai.

Veja abaixo os resultados deste domingo, último dos quinze dias de competição no Grande Torneio de Sumô de Primavera (Haru Basho) 2016, que teve início no dia 27 de março na arena do Bodymaker Colosseum, em Osaka, no oeste do Japão.

Seiro (Juryo 1) **9-6 venceu Satoyama (Maegashira 15) *6-9

Daishomaru (Maegashira 14) *8-7 venceu Osunaarashi (Juryo 1) **13-2

Amuru (Maegashira 11) *7-8 venceu Chiyootori (Maegashira 13) *8-7

Tamawashi (Maegashira 10) *9-6 venceu Gagamaru (Maegashira 10) *5-10

Ichinojo (Maegashira 11) *11-4 venceu Sadanoumi (Maegashira 9) *7-8

Takanoiwa (Maegashira 8) *8-7 venceu Kitataiki (Maegashira 15) *3-12

Kaisei (Maegashira 7) *11-4 venceu Akiseyama (Maegashira 16) *4-11

Daieisho (Maegashira 14) *10-5 venceu Takekaze (Maegashira 7) *5-10

Mitakeumi (Maegashira 13) *10-5 venceu Shodai (Maegashira 6) *9-6

Chiyotairyu (Maegashira 8) *3-12 venceu Myogiryu (Maegashira 6) *10-5

Tokushoryu (Maegashira 12) *8-7 venceu Kyokushuho (Maegashira 5) *6-9

Tochinoshin (Maegashira 2) *6-9 venceu Toyohibiki (Maegashira 9) *3-12

Okinoumi (Maegashira 2) *8-7 venceu Aminishiki (Maegashira 3) *7-8

Hidenoumi (Maegashira 12) *7-8 venceu Takayasu (Maegashira 1) *5-10

Kotoyuki (Maegashira 1) *12-3 venceu Ikioi (Maegashira 4) *10-5

Shohozan (Maegashira 5) *4-11 venceu Takarafuji (Komusubi) *6-9

Tochiozan (Komusubi) *4-11 venceu Sokokurai (Maegashira 4) ***5-8-2

Aoiyama (Maegashira 3) *7-8 venceu Toyonoshima (Sekiwake) *3-12

Yoshikaze (Sekiwake) *4-11 venceu Terunofuji (Ozeki) *8-7

Kisenosato (Ozeki) *13-2 venceu Goeido (Ozeki) *12-3

Kakuryu (Yokozuna) *10-5 venceu Kotoshogiku (Ozeki) *8-7

Hakuho (Yokozuna) *14-1 venceu Harumafuji (Yokozuna) *9-6

Especificações e significado dos símbolos
• O posto de cada lutador está entre parênteses.
• Números com asterisco na frente significam o resultado atual de cada lutador: o primeiro número representa a quantidade de vitórias, enquanto o número posterior representa o somatório de derrotas.
• Dois asteriscos significa que o lutador pertence a divisão Juryo (segunda divisão do sumô).
• Três asteriscos significa que o lutador não compareceu a algum confronto por motivos de contusão.

Confira o vídeo com as lutas de hoje (créditos: Kintamayama/YouTube):

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Deixe uma resposta