Meio ambiente e Energia

Vazamento de água radioativa continua em Fukushima Daiichi

A Tepco tem enfrentado forte críticas por não detectar o problema rapidamente e minimizando o vazamento.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

Cerca de 300 toneladas de água altamente radioativa vazou de um dos tanques de armazenamento da usina (Foto: Kyodo)

Cerca de 300 toneladas de água altamente radioativa vazou de um dos tanques de armazenamento da usina (Foto: Kyodo)

A água radioativa na usina Fukushima Daiichi continua acumulando água radioativa quase dois anos e meios após a eclosão da crise nuclear.

Em maio, a água subterrânea altamente radioativa foi detectada ao lado do edifício de um reator. Desde então, águas próximas vem apresentando materiais radioativos.

A Companhia de Energia Elétrica de Tóquio (Tepco) está tentando impedir que a água contaminada chegue ao mar.

As medidas incluem solidificação do solo em frente a área costeira usando produtos químicos e bombeamento da água subterrânea perto dos diques.

Mas todas as tentativas foram sem sucesso. Além disso, a Tepco ainda tem de identificar a causa da água subterrânea contaminada.

No início deste mês, mais de 300 toneladas de água contaminada em um tanque de armazenamento vazaram e alguns dos quais acredita-se ter fluído para o mar através de uma vala.

A Tepco tem enfrentado forte críticas por não detectar o problema rapidamente e minimizando o vazamento. A empresa também tem sido criticado por não confirmar a solidez dos tanques.

As informações são da rede NHK.

 

Veja mais notícias sobre Meio ambiente e Energia, clique em mundo-nipo.com/variedades/curiosidadesSiga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •