Meteorologia Notícias

Terremoto de magnitude 5,2 atinge o leste do Japão

Tremor foi sentido em 16 províncias, com a linha Tohoku-Hokkaido sendo obrigada a interromper seus serviços temporariamente.

Um terremoto de magnitude preliminar de 5,2 na escala Richter foi registrado na província de Ibaraki, no leste do Japão, nesta segunda-feira, sendo sentido em várias províncias do arquipélago, informou a Agência Meteorológica do Japão (JMA), acrescentando que não houve ameaça de tsunami.

O sismo ocorreu às 6h14 de segunda-feira (18h14 de domingo no Brasil), com epicentro no norte de Ibaraki, a uma profundidade de 60 quilômetros, de acordo com a JMA, que alertou sobre possíveis réplicas (tremores secundários) em Tohoku (nordeste) e Kanto (leste), onde situa-se a capital japonesa.

O mapa mostra o horário do sismo, a magnitude, o epicentro e as áreas atingidas | Reprodução / JMA

As províncias mais atingidas foram Fukushima (Tohoku), Ibaraki e Tochigi (Kanto), registrando intensidade de 4 graus (médio) na escala japonesa, que vai até 7. O terremoto, de modo geral, foi sentido em 16 províncias, incluindo Tóquio, com intensidade variando de 1 a 4.

Em nível de comparação, a magnitude na escala Richter equivale à intensidade do terremoto no epicentro, enquanto a escala japonesa considera o nível de abalo sentido na superfície da terra.

De acordo com o Asahi Shimbun, nenhum ferido ou danos materiais graves foram relatados até o momento, mas a linha Tohoku-Hokkaido, da companhia JR East, interrompeu seus serviços temporariamente devido a uma queda de energia entre Oyama e Nasushiobara, o que causou 5 minutos de atraso na circulação dos trens que, por sua vez, já voltaram a normalidade de seus serviços. 

Em nota emitida logo após o tremor, a Companhia de Energia Atômica do Japão, operadora da usina de Tokai, disse que não foram encontradas anormalidades em em seu complexo nuclear em razão do tremor, segundo a agência Kyodo.

Localizada em Tokai, no distrito de Naka, na província de Ibaraki, a usina de Tokai tem sempre as atenções voltadas mais do que o normal quando há terremotos próximos, isso porque ela é o complexo nuclear mais antigo do Japão em condições de operar.

Círculo de Fogo do Pacífico

O Japão está localizado sobre o chamado “Anel de Fogo do Pacífico”, também conhecido como Círculo de Fogo do Pacífico, uma das zonas vulcânicas e sísmicas mais ativas do planeta, e sofre com erupções vulcânicas e terremotos diariamente. Mediante isso, o país possui uma infraestrutura desenvolvida para resistir a tremores que poderiam ser fatais em outras partes do mundo.

== Mundo-Nipo (MN)

Atualizado em 03/11/2021.