Meteorologia

Buscas por desaparecidos em deslizamentos continuam em Hiroshima

Equipes de resgate continuam dia e noite os trabalhos de busca por duas pessoas que ainda se encontram desaparecidas.

Do Mundo-Nipo

As buscas continuam por pessoas que ainda se encontram desaparecidas nos deslizamentos de terra ocorridos a duas semanas na cidade de Hiroshima, no oeste do Japão. Segundo a emissora pública ‘NHK’, até momento, foram confirmadas 72 mortes na tragédia.

 

Equipes de resgate têm trabalhado dia e noite nas buscas por sobreviventes nos deslizamentos de terra em Hiroshima (Foto: Toshiyuki Hayashi/ AJW)

Equipes de resgate continuam dia e noite os trabalhos de busca por duas pessoas que ainda se encontram desaparecidas (Foto: Toshiyuki Hayashi/ AJW)

 

Uma equipe formada por cerca de mil policiais, bombeiros e membros da Força Terrestre de Autodefesa continuam dia e noite os trabalhos de busca por duas pessoas que ainda se encontram desaparecidas em meio aos escombros de dezenas de casas que foram destruídas na tragédia.


saiba mais


Hiroshima retira parcialmente alerta de evacuação


Hiroshima retira parcialmente alerta de evacuação


Número de mortos por deslizamentos em Hiroshima sobe para 63


Entretanto, o governo local suspendeu todas as ordens de evacuação, bem como a maioria dos alertas que foram emitidos para um total de 164 mil habitantes da área.

Apesar disso, às 9 horas locais desta quarta-feira, um total de 807 sobreviventes continuavam refugiados em abrigos. Segundo a agência Kyodo, dezenas de famílias tiveram perda total ou parcial de suas residências que foram tragadas por uma série de deslizamentos, sobretudo no distrito de Asa-Minami, na parte norte da cidade.

Segundo as autoridades locais, as chuvas torrenciais no dia 20 de agosto desencadearam cerca de 30 deslizamentos quase que simultâneos.

*Veja como está o Tempo no Japão neste momento.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.