Meteorologia

Poderoso tufão chega ao centro do Japão

Phanfone chegou a ilha de Honshu na manhã desta segunda-feira (horário local), depois de varrer o sul do país e deixar um morto e quatro desaparecidos.

Do Mundo-Nipo com Agências

O tufão Phanfone (nº 18 da temporada) chegou a ilha de Honshu, a principal do arquipélago japonês, na manhã desta segunda-feira (horário local), depois de varrer o sul do país e deixar um morto e quatro desaparecidos.

 

Tufão Phanfone chega ao centro do Japão (Imagem: Reprodução/JMA)

A imagem de satélite mostra a dimensão do tufão, bem como sua localização, que neste momento está sobre o centro do Japão (Imagem: Reprodução/JMA)

 

Ao menos 600 voos foram afetados na manhã desta segunda-feira (hora local), um dia após a anulação de 216 voos, que tiveram que permanecer em terra devido ao tufão, que também provocou a suspensão das buscas no Monte Ontake, no centro do Japão, onde uma erupção vulcânica deixou ao menos 51 mortos e 12 desaparecidos, informou a Agence France-Presse (AFP).

Phanfone chega acompanhado por ventos de até 198 km/h, de acordo com a Agência Meteorológica do Japão (JMA), que emitiu alerta vermelho para a região, alertando a população sobre risco de deslizamentos de terra, inundações, ondas e fortes chuvas, principalmente no centro e no oeste do Japão.

Segundo a emissora pública ‘NHK’, boa parte do arquipélago já enfrenta chuvas torrenciais e as autoridades recomendaram a evacuação de milhares de habitantes. Na ilha de Okinawa, três militares americanos foram arrastados pelo mar quando tiravam fotos na tarde deste domingo. Um corpo foi resgatado, mas os outros três continuam desaparecidos.

Um surfista de 21 anos desapareceu em Fujisawa, a sudoeste de Tóquio, e nove pessoas ficaram feridas, em todo o país.

O tufão Phanfone também atrapalhou, no domingo, o Grande Prêmio do Japão de Fórmula 1, no autódromo de Suzuka.

Às 7h20 locais de segunda-feira (19h20 de domingo em Brasília), mais de 350 mil moradores em Hamamatsu, na província de Shizuoka, receberam aviso de evacuação. Isso porque os rios Anma, Tsuribashi e Magome podem transbordar. O mesmo ocorreu em Toyohashi, na província de Aichi, para 4 mil pessoas e em outras cidades, principalmente na região de Tokai, sul da região de Chubu, no Centro do país.

Segundo o boletim da agência, divulgado às 6h50 locais (18h50 de domingo em Brasília), o centro do tufão está passando ao sul das províncias de Mie e Aichi e pode entrar na província de Shizuoka nas próximas horas, antes de avançar para a região de Kanto, leste do Japão.

Phanfone se desloca a uma velocidade de 45 km/h em direção nordeste, com ventos sustentados de 126 km/h (35 m/s) e rajadas de até 180 km/h (50 m/s).

 

*Acompanhe a evolução do tufão Phanfone no site oficial da Agência Meteorológica do Japão.

*Veja como está o Tempo no Japão neste momento.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.