Meteorologia Notícias

Nova ilha surge no Japão após erupção de vulcão submarino

©Guarda Costeira do Japão

A ilha tem 1km de diâmetro e segue crescendo. Ela surgiu após um vulcão em Ogasawara entrar em erupção na semana passada.

Uma nova ilha foi descoberta perto da Ilha Iwoto, localizada a cerca de 1.200 quilômetros ao sul de Tóquio, depois que um vulcão submarino começou a entrar em erupção no final da semana passada, anunciou a Guarda Costeira do Japão no início desta semana.

A nova ilha tem formato de C, com diâmetro de aproximadamente 1 km. Ela foi descoberta depois que o vulcão localizado a cerca de 50 km ao sul de Iwoto, nas Ilhas Ogasawara, no Oceano Pacífico, começou a entrar em erupção na última sexta-feira (13).

A Agência Meteorológica do Japão (JMA) emitiu alertas sobre fumaça e grandes depósitos de cinzas em águas próximas às Ilhas em Ogasawara. A previsão é de que a erupção ativa continue fazendo com que a pequena ilhota recém-formada cresça ainda mais.

A guarda costeira encontrou a ilha recém-formada ao observar a fumaça da erupção no ar, no último domingo (15), de acordo com a JMA. Pedra-pomes criada pela atividade vulcânica também foi encontrada pela guarda costeira flutuando em uma área de 60 km na direção noroeste.

Novas ilhas foram confirmadas na área em 1904, 1914 e 1986, tendo todas elas submersas devido à erosão por ondas e correntes. A ilha que surgiu em 1986 afundou após cerca de dois meses, segundo a guarda costeira.

Como o vulcão submarino está localizado perto da Ilha Minami Iwoto, a ilhota mais ao sul da cadeia de ilhas, qualquer nova ilha na área poderia ser adicionada ao território do Japão se reconhecida como uma ilha formada naturalmente pelos padrões internacionais.

Dada a localização, no entanto, é improvável que a nova ilha afete as águas territoriais ou a zona econômica exclusiva do país, mesmo que permaneça acima da superfície.

== Mundo-Nipo (MN)
Fonte: Kyodo News.