Meteorologia Notícias

Chuvas fortes continuam a atingir o oeste do Japão

©Kyodo

Depois de “inundar” o sul do Japão, chuvas torrenciais agora castigam o oeste do país, causando inundações e deslizamentos de terra.

Uma vasta área na região oeste do Japão continua recebendo fortes chuvas, com a Agência Meteorológica do Japão (JMA) divulgando alertas de deslizamento de terra e previsões de raios, juntamente com chuvas torrenciais em grandes áreas, incluindo o leste do Japão, nesta sexta-feira.

A JMA pediu às pessoas que permaneçam vigilantes contra inundações, transbordamento de rios e deslizamentos de terra, já que o solo em muitas áreas ficou saturado devido à chuva que vem caindo em grandes partes do país desde a semana passada.

As áreas que receberam alertas de deslizamento incluem as prefeituras de Hyogo e Tokushima, no oeste do Japão. A província de Oita, no sudoeste do Japão, também registrou fortes chuvas.

No final da semana passada, um gigantesco volume de água caiu sobre a província de Fukuoka, onde várias cidades tiveram suas ruas inundadas.
©Kyodo

Enquanto os serviços de shinkansen – trens de alta velocidade conhecidos como trem-bala – foram retomados completamente na região de Kyushu, no sudoeste do Japão, enquanto a operação de trens normais permanece parcialmente interrompida desde ontem, disse a operadora Kyushu Railway.

Embora a frente climática estacionada perto do oeste do Japão deva enfraquecer gradualmente, as condições atmosféricas permanecem instáveis ​​devido ao ar quente e úmido fluindo em direção ao oeste do Japão, de acordo com a agência meteorológica.

Nas 24 horas até às 6h desta sexta-feira (hora local), até 150 milímetros de chuva são projetados para a região de Shikoku no oeste do Japão, até 120 mm na região de Tokai, na região central do país, e até 100 mm nas áreas de Kinki e Chugoku, regiões no oeste do arquipélago japonês.

A JMA alerta ainda que as chuvas intensas devem cair em grande parte do país neste final de semana.

No último dia 14, um hospital e várias casas ficaram ilhados na província de Saga, após o rio Rokkakugawa transbordar devido às chuvas torrenciais | ©Asahi Images

== Mundo-Nipo (MN)
Fontes: Kyodo News | Asahi Shimbun.