Meteorologia

Buscas por desaparecidos continuam em Hiroshima; número de mortos sobe para 52

A pedido do governo central, as autoridades locais publicaram hoje os nomes das pessoas desaparecidas.

Do Mundo-Nipo

As equipes de resgate continuam as buscas por dezenas de pessoas desaparecidas nos escombros causados pelos vários deslizamentos de terras em Hiroshima, no oeste do Japão, na última quarta-feira, provocados pelas fortes chuvas que continuam caindo na região. Nesta segunda-feira (25), as autoridades elevaram para 52 o número de vítimas fatais, enquanto o número de desaparecidos está fixado em 28.

 

Equipes continuam buscas por sobreviventes em Hiroshima (Foto: Toshiyuki Hayashi/AJW)

A operação de resgate continuou hoje a busca de desaparecidos entre escombros e toneladas de lama (Foto: Toshiyuki Hayashi/AJW)

 

As precipitações recordes registradas na madrugada de quarta-feira, da semana passada, na cidade de Hiroshima provocaram deslizamentos de terra e inundações que levaram pela frente centenas de casas localizadas nas bases das montanhas.

As autoridades locais, que até agora tinham resistido a fazê-lo, publicaram hoje a pedido do governo central os nomes das pessoas desaparecidas para ajudar em sua busca.

A operação de resgate formada por mais de 3.000 policiais, bombeiros e soldados das Forças de Autodefesa continuou hoje a busca de desaparecidos entre escombros e toneladas de lama, um trabalho que foi dificultado nos últimos dias pelas chuvas nessa região montanhosa do Japão.

O primeiro-ministro, Shinzo Abe, visitou de helicóptero Hiroshima para ver de perto o estado da cidade e ser informado do avanço das operações de resgate.

“Há muitos desaparecidos ainda. O governo trabalhará para resgatar cada um deles o mais rápido possível”, disse Abe para a imprensa durante a visita.

Por enquanto, 16 mil pessoas continuam evacuadas e divididas em 13 refúgios, enquanto 440 casas continuam sem luz e 170 sem água na cidade, onde em apenas três horas caíram 200 milímetros de água, o equivalente ao que se espera normalmente em todo o mês de agosto nesta região montanhosa.

(Com informações das agência AFP e  Kyodo)

*Veja como está o Tempo no Japão neste momento.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.