Meteorologia

Número de mortos por deslizamentos em Hiroshima chega a 71

Milhares de pessoas estão divididas em abrigos temporários, enquanto centenas de casas continuam sem luz.

Do Mundo-Nipo

O número de pessoas mortas nos vários deslizamentos de terra em Hiroshima, no oeste do Japão, aumentou para 71, enquanto o número de desaparecidos reduziu para 18, informaram as autoridades locais nesta quarta-feira (27), uma semana depois que dezenas de casas que foram destruídas na tragédia, causando um caos na cidade.

 

Deslizamentos de terra no distrito de Asa-minami, no norte de Hiroshima (Foto: Eijiro Morii/AJW)

O distrito de Asa-minami, no norte de Hitoshima, foi um dos locais mais afetados pela tragédia (Foto: Eijiro Morii/AJW)

 

As chances de encontrar sobreviventes são consideradas remotas, e a situação é agravada pelas fortes e frequentes chuvas e pela dificuldade de acesso a alguns locais por causa do acúmulo de toneladas de lama e escombros.


saiba mais


Número de mortos por deslizamentos em Hiroshima sobe para 63


Buscas por desaparecidos continuam em Hiroshima; número de mortos sobe para 52


Sobe para 50 número de mortos na tragédia em Hiroshima


De acordo com a polícia, mais de 60% das vítimas morreram asfixiadas, surpreendidas pelos escombros dos deslizamentos enquanto dormiam. As outras vítimas sofreram lesões cerebrais e traumatismo craniano.

Temores de novos deslizamentos devido as chuvas que continuam a cair na região, também têm atrasado os trabalhos de equipe de buscas que é formada por bombeiros, policiais e soldados das Forças de Autodefesa do Japão, no que envolve cerca de 3,4 mil pessoas.

Desde que começaram os trabalhos, na manhã da quarta-feira passada, as operações de resgates tiveram que ser interrompidas em 12 ocasiões.

Milhares de pessoas estão em abrigos temporários em Hiroshima (Foto: Kyodo)

Evacuados descansando no abrigo improvisado numa escola em Asa-minami (Foto-Kyodo)

As equipes têm usado maquinários pesados para remover pedras e destroços na área de Yagi, no distrito de Asa-minami, enquanto nas áreas mais sensíveis, eles têm removido os destroços com as próprias mãos.

Os locais mais atingidos nos distritos de Asa-minami e Asakita, no norte de Hiroshima, foram esvaziados. Mais de 4.500 pessoas foram afetadas pelas operações de retirada.

Por enquanto, milhares de pessoas estão divididas em abrigos improvisados em escolas, centros esportivos, sedes de órgãos governamentais de Hiroshima, entre outros, enquanto centenas de casas continuam sem luz e sem água na cidade.

(Com informações da NHK News e Agência Kyodo)

*Veja como está o Tempo no Japão neste momento.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.