efe de Gabinete, Keizo Obuchi, exibe o ideograma da era Heisei Foto: Arquivo/Kyodo

O então chefe de Gabinete, Keizo Obuchi, exibe o ideograma da era Heisei no mesmo dia da morte do imperador Hirohito, em 7 de janeiro de 1989 | Foto: Arquivo/Kyodo