Política

Guarda costeira de Japão e China realizam exercícios conjuntos

Os exercícios contam com participação das guardas costeiras dos EUA e da Rússia.

As guardas costeiras do Japão e da China participaram de exercícios conjuntos perto de Tóquio pela primeira vez em dois anos, desde que as relações entre os dois países deterioram devido a uma disputa territorial.

Os exercícios, que começaram na manhã de terça-feira (5), no porto de Yokohama, têm ainda a participação das guardas costeiras dos Estados Unidos e da Rússia, e devem durar três dias, indicou um porta-voz da guarda costeira japonesa. Os participantes executam, entre outros, exercícios com submarinos e de leitura de mapas, conforme noticiou a agência AFP.

As relações entre China e Japão, as duas maiores potências econômicas da Ásia, estão em seu pior momento desde o fim de 2012 por uma disputa no mar da China Oriental sobre a soberania de ilhas chamadas Senkaku por Tóquio e Diaoyu por Pequim.