Política

Órgãos de segurança do Japão designam informações como segredos de Estado

A Agência Nacional de Polícia e a Guarda Costeira do Japão classificaram dezenas de itens como “segredos especiais” sob a nova lei de Segredos de Estado.

Do Mundo-Nipo

Dois importantes órgãos japoneses de segurança designaram algumas de suas informações como “segredos especiais” sob a lei de Segredos de Estado. Segundo informou neste sábado (27) a emissora pública NHK, a lei, que entrou em vigor no dia 10 de dezembro, permite que chefes de 19 órgãos governamentais designem como “segredos especiais” informações de segurança consideradas “extremamente sensíveis”.

Na última sexta-feira, a Agência Nacional de Polícia determinou 18 itens de informações como sendo segredos especiais, incluindo documentos sobre satélites de inteligência os chamados satélites espiões, assim como táticas e operações de unidades da polícia. A agência planeja designar ainda mais 5 itens na próxima quinta-feira, incluindo informações relacionadas à terrorismo.

Também na sexta-feira, a Guarda Costeira do Japão classificou 15 itens, incluindo aqueles sobre coleta de informações. Já o Ministério da Defesa determinou automaticamente como segredos especiais as informações que mantinha como “segredos de defesa” quando a lei entrou em vigor. As informações sobre a defesa incluíam 45 mil documentos relacionados a 244 itens, conforme noticiou a ‘NHK’.

 

*Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.