Política

Japão diz que vai responder legalmente contra drones da China

Suga disse que está determinado a proteger a “terra, água e espaço aéreo” do Japão.

Do Mundo-Nipo

(Foto: AFLO)

(Foto: AFLO)

O secretário chefe de Gabinete, Yoshihide Suga, disse nesta segunda-feira que o Japão responderá legalmente caso algum drone – veículo aéreo não tripulado – chinês viole o espaço aéreo japonês.

Suga disse em conferência de imprensa nesta segunda-feira (28) que está determinado a proteger a “terra, água e espaço aéreo” do Japão e que interceptores da Força de Autodefesa serão movimentados caso seu espaço aéreo seja violado.

Ele disse que tal resposta estaria em conformidade com o direito internacional e Lei das Forças de Autodefesa.

As declarações de Suga ocorreram depois da China criticar fortemente o comentário do Ministério da Defesa de que derrubar um drone invasor seria uma opção se o mesmo apresentasse ameaça para população.

O comentário do ministério se referiu a invasão de um drone chinês no espaço aéreo japonês em setembro, o primeiro caso registrado até então.

As informações são da NHK.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.