Sociedade

Japão considera facilitar permanência de estrangeiros estudantes de culinária tradicional

Os cozinheiros estrangeiros são obrigados a ter pelo menos 10 anos de experiência de trabalho para obter um visto residencial.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

Culinária japonesa Washoku (Foto: reprodução NHK)

(Foto: reprodução NHK)

O governo japonês está considerando um possível relaxamento nas normas de imigração para que estrangeiros que estudaram culinária japonesa tradicional “washoku” possam permanecer por um período maior no país, a fim de trabalharem como estagiários.

Autoridades do governo estão discutindo uma extensão de cerca de dois anos de residência para estrangeiros que terminarem um curso de culinária tradicional japonesa.

Os cozinheiros estrangeiros são obrigados a ter pelo menos 10 anos de experiência de trabalho para obter um visto residencial do Japão. Eles não estão autorizados a trabalhar em restaurantes japoneses tradicionais.

Uma organização de profissionais de escolas de culinária no Japão apelou então para o governo conceder o status residencial para estrangeiros que se formaram em “Washoku”.

As informações são da agência rede NHK.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta