Sociedade

Família identifica corpo de japonesa encontrado no mar em Bali

O marido e filho só puderam reconhecer Ritsuko Miyata pela aliança de casamento na mãe esquerda.

Do Mundo-Nipo

A equipe de resgate continua com as buscas pela última das sete japonesas desaparecidas no mar em Bali (Foto: Kyodo)

A equipe de resgate continua com as buscas pela última das sete japonesas desaparecidas no mar em Bali (Foto: Kyodo)

O corpo encontrado na terça-feira no mar de Bali foi identificado como sendo de Ritsuko Miyata, uma das integrantes do grupo de sete japonesas que desapareceram na última sexta-feira enquanto mergulhavam ao largo da ilha indonésia de Bali, disseram as autoridades locais.

Inicialmente, médicos legistas identificaram o corpo como sendo de uma mulher de idade média, entre seus 60 anos. Posteriormente, o marido e filho de Miyata, de 59 anos, a reconheceram apenas pela aliança de casamento na mão esquerda.

“A vítima pode ter morrido a cerca de três dias atrás”, disse Felix Sangkalia, chefe de investigação do Quartel da Polícia de Bali para Vítimas de Desastre, acrescentando que a vítima tinha o rosto desfigurado por supostamente ter sido comido por criaturas marinhas.

Na segunda-feira (17), a equipe de salvamento de Bali resgatou cinco das sete turistas japonesas que estavam desaparecidas. Todas estão internadas num hospital local e retornarão para o Japão logo após alta médica.

A Agência de Busca e Salvamento da Ilha de Bali prometeu que continuará as buscas pela sétima e última japonesa desaparecida.

 

Dia do desaparecimento

Segundo o chefe da polícia local, major Nyoman Suarsika, as setes turistas teriam alugado um barco com intuito de mergulhar nos mangais de Crystal Bay, em Nusa Lembongan, uma das três pequenas ilhas (juntamente com Nusa Penida e Nusa Ceningan) situadas a cerca de 20 quilômetros de Denpasar, capital da Ilha de Bali.

Suarsika disse que o grupo começou o mergulho por volta das 13h de sexta-feira (14) e não voltou a ser visto desde então. “O vento estava forte, com chuva intensa”, afirmou ele.

O dono do barco confirmou que as turistas tinham feito dois mergulhos na parte da manhã, mas que não regressaram após o terceiro mergulho, no início da tarde

(Do Mundo-Nipo com a Agência Kyodo)

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Deixe um comentário