Inovação

China cria ônibus capaz de se locomover sobre carros

O ônibus é capaz de economizar até 860 toneladas de combustível por ano através da utilização de painéis solares e elétricos.

Do Mundo-Nipo

A empresa chinesa Shenzhen Huashi Future Parking Equipment divulga projeto de um ônibus capaz de se locomover por cima de carros, uma solução para o trânsito em grandes metrópoles.

 

Ônibus chinês anda sobre carros (Imagem: reprodução)

O ônibus é capaz de economizar até 860 toneladas de combustível por ano através da utilização de painéis solares e elétricos (Imagem: reprodução)

 

O projeto Land Air Bus, apresentado pela primeira vez há 3 anos no Beijing International High-Tech Expo 13, consiste em um ônibus com a parte inferior em forma de arco, permitindo que carros transitem por baixo do veículo.

O ônibus é capaz de economizar até 860 toneladas de combustível por ano através da utilização de painéis solares e elétricos, contribuindo para uma redução de 2640 toneladas de emissão de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera.

Além de diminuir cerca 30% do trânsito, o projeto também apresenta vantagens com relação a sua construção.

Diferentemente de um metrô que leva pelo menos 3 anos para ser concluído, a construção de 40km da estrutura do ônibus necessitaria apenas de 1 ano. A estrutura do ônibus também é até 10% mais barata do que a construção de um metrô.

O protótipo do Land Air Bus possui 6 metros de largura e 4 metros de altura, ocupando duas pistas e permitindo que carros de até 2 metros de altura passem por baixo.

O ônibus será capaz de suportar cerca de 1.200 passageiros divididos em 4 vagões, mas ainda não foi divulgado o tamanho do veículo e dos vagões.

Não existe nenhuma confirmação de que o projeto será realmente implementado, mas em 2010 houveram rumores de um trecho seria construindo na cidade de Pequim.

 

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Deixe um comentário