Variedades

Cacho de uvas é vendido por R$ 65 mil em leilão no Japão

©kyodo

A pequena fortuna foi paga por um único cacho da variedade Ruby Roman, cujas uvas são do tamanho de uma bola de pingue-pongue.

Um cacho de uvas da marca Ruby Roman cultivada na província de Ishikawa, na região central do Japão, foi arrematado pelo recorde de 1,3 milhão de ienes, aproximadamente US$ 12,2 mil ou R$ 65,4 mil, no primeiro leilão da temporada, realizado na quinta-feira (16) em um mercado local, informou a Kyodo News.

Trata-se do segundo recorde consecutivo no leilão da variedade Ruby Roman, cujas uvas são do tamanho de uma bola de pingue-pongue. No ano passado um cacho foi arrematado por 1,2 milhão de ienes, maior valor já alcançado desde que a variedade foi leiloada pela primeira vez, em 2008.

A Hyakurakusou, operadora de uma cadeia de pousadas “ryokan” na prefeitura local, foi quem arrematou o caríssimo cacho através de um atacadista no mercado central de Kanazawa.

“Fizemos a maior oferta para incentivar a sociedade que vem sofrendo com a pandemia do novo coronavírus, disse à Kyodo Mitsutaka Sakamoto, 39, chefe de cozinha da Hyakurakusou. “Gostaríamos de dar esperança aos produtores agrícolas de todo o país”, completou.

Chef Sakamoto posa para fotos segurando o precioso cacho de uvas que arrematou por 1,3 milhão de ienes | Foto: Reprodução/Kyodo

A marca Ruby Roman é conhecida por seu alto teor de açúcar e baixa acidez desde que estreou no mercado em agosto de 2008.

Havia preocupações com um potencial impacto negativo da alta umidade provocada por longos períodos de chuva na colheita deste ano, de acordo com JA Zennoh Ishikawa, uma cooperativa agrícola local, conforme noticiou a Kyodo.

Adoração dos japoneses por frutas

Os japoneses adoram frutas e têm por costume presentear as pessoas com elas, principalmente se for frutas raras e sazonais, que geralmente são arrematadas em leilões por pequenas fortunas.

VEJA TAMBÉM
5 variedades de frutas perfeitas e caríssimas produzidas no Japão

Mediante isso, é possível mensurar o apreço não só em leilões de frutas como também em lojas especializadas, que comumente vendem cachos de uva que podem superar a “bagatela” de R$ 10 mil.

No caso, a “Ruby Roman” é uma espécie de uva cultivada repleta de cuidados especiais, o que só eleva o preço, principalmente se for de Ishikawa. O consumidor japonês, no entanto, não se importa em pagar o equivalente a R$ 250 por ‘cada uva’ do cacho em lojas especializadas em frutas sazonais e de extrema qualidade.

Os altos preços têm explicações que vão além da apreciação dos japoneses por fruta ou a perfeição e do cultivo diferenciado. Um dos principais motivos é a tradição de presentear os mais íntimos com elas, sendo que quantidade e preço são demonstrativos de afeto – quanto mais caro, maior o carinho.

Do Mundo-Nipo (MN)