Esportes

Jogos de Tóquio 2020 terão medalhas feitas com metal reciclado doado

Imagem: Edição de arte Mundo-Nipo)

Comitê organizador espera coletar até 8 toneladas de metal para fabricar todas as 5 mil medalhas olímpicas.

O comitê organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio 2020 anunciou, nesta quarta-feira (1), que as medalhas para o evento esportivo serão produzidas com metal reciclado de celulares e eletrodomésticos velhos. Segundo o comitê, o material será doado por pessoas que desejam se sentir diretamente envolvidas com os Jogos.

A medida também é parte de um esforço para promover a sustentabilidade e poupar gastos, já que o orçamento do evento saltou para o equivalente a mais de 26,5 bilhões de dólares em certo momento, embora os organizadores tenham reduzido esse valor para 16,8 bilhões de dólares no final do ano passado.

O comitê organizador da Tóquio 2020 espera coletar até oito toneladas de metal de celulares desatualizados e eletrodomésticos pequenos doados por pessoas de todo o Japão. Desse total, os organizadores pretendem conseguir 40 quilos de ouro, 2.920 quilos de prata e 2.994 quilos de bronze.

Essa iniciativa, a primeira do tipo nas Olimpíadas, irá resultar em duas toneladas de metal, o suficiente para fabricar todas as 5 mil medalhas olímpicas e paralímpicas.

“Existe um limite e tanto nos recursos de nossa terra, e por isso reciclar estas coisas e lhes dar um novo uso irá fazer todos nós pensarmos sobre o meio ambiente”, disse o diretor esportivo da Tóquio 2020, Koji Murofushi, em uma coletiva de imprensa.

“Ter um projeto que permite a todo o povo do Japão participar da criação de medalhas que serão penduradas nos pescoços dos atletas é muito bom”, acrescentou o medalhista de ouro de lançamento de martelo dos Jogos de Atenas 2004.

“Isso irá se tornar uma lembrança importante para as crianças, que irão pensar que algo que doaram pode ter sido parte da criação destas medalhas”.

A partir de abril, caixas de coleta serão instaladas em escritórios locais e nas lojas da empresa de telecomunicações NTT DoCoMo Inc, que irá fazer uma parceria com a empresa ambiental Centro de Saneamento Ambiental do Japão no projeto.

A coleta irá terminar quando as oito toneladas necessárias forem recolhidas, embora outros detalhes ainda precisem ser acertados, disseram os organizadores.

As medalhas dos Jogos Rio 2016 também foram feitas com material reciclado, como restos de espelhos e chapas de raio-x.

(Com Agencia Reuters)

Comentários