Esportes

Shohei Ono dá o 1º ouro ao Japão no judô dos Jogos do Rio

Shohei Ono venceu três dos cinco adversários com golpe perfeito (Foto: Kyodo/Reuters)

Para conquistar o ouro, o fenômeno japonês derrotou cinco judocas, sendo três lutas vencidas por ippon (golpe perfeito).

O bicampeão Shohei Ono deu ao Japão a primeira medalha de ouro no judô dos Jogos Olímpicos do Rio 2016 ao vencer nesta segunda-feira (8), por ‘ippon’ (golpe perfeito), o judoca Rustam Orujov, do Azerbaijão, na final da categoria até 73 quilos.

Foi a quinta medalha do Japão na competição de judô nos Jogos do Rio e a primeira de ouro japonesa. No histórico dos Jogos Olímpicos, o Japão chegou ao Rio de Janeiro com o triplo das medalhas de ouro do segundo país mais bem sucedido do esporte, a França, que tem 12 douradas, enquanto o Japão totaliza agora 37 medalhas de ouro em participações do judô em olimpíadas.

Para chegar à grande final, Shohei Ono derrotou Miguel Murillo, da Costa Rica, nas eliminatórias. Depois foi a vez de Victor Scvortov, dos Emirados Árabes Unidos, que Ono venceu com um belo ippon. Em seguida, o japonês venceu por wazari o georgiano Lasha Shavdatuashvoli. Na semifinal, Ono venceu novamente por ippon, a vítima foi o belga Dirk Van Tichelt. Na grande final, mais um ippon, aplicado aos 3 minutos e 15 segundo de luta com o judoca Rustam Orujov.

Nesta segunda-feira (8), o Brasil também teve sua primeira medalha de ouro no judô, com a carioca Rafaela Silva na categoria até 57kg. A carioca de 24 anos enfileirou cinco adversárias e levantou uma contagiante torcida presente na Arena Carioca 2, no Parque Olímpico da Barra, para realizar o maior sonho de qualquer atleta no planeta.

Fonte: Rio 2016.

Comentários