Esportes

Uchimura faz final história e leva ouro no individual geral de ginástica

O fenômeno japonês fez de tudo para manter a hegemonia na modalidade (Foto: Getty Images)

O fenômeno japonês venceu apertado, mas conseguiu o feito histórico de conquistar o bi-olímpico na modalidade.

O fenômeno da ginástica Kohei Uchimura, do Japão, não cedeu a pressão do ginasta ucraniano Oleg Verniaiev durante toda a prova do individual geral da ginástica artística dos Jogos Olímpicos do Rio nesta quarta-feira (10), conseguindo passar a frente no último aparelho para sagrar-se bi-campeão olímpico na modalidade e conquistar sua segunda medalha de ouro nos Jogos.

O hexacampeão mundial na competição all around (um feito inédito), de 27 anos, derrotou o ucraniano por apenas 0.099 pontos de diferença. Ambos os atletas, que se apresentaram no mesmo aparelho em todas as seis rotações, decidiram sua sorte na barra fixa. A tensão na Arena Olímpica do Rio aumentou porque Uchimura foi o penúltimo entre todos a se exibir, e Verniaiev, o último.

O ídolo japonês, que chegou ao cavalo em desvantagem, fez de tudo para manter a hegemonia depois do ouro obtido em Londres, do tri mundial e do título por equipes obtido no último domingo. Ele obteve a nota de 15.800 e subiu para 92.365.

Verniaiev então precisava de 14.899 para desbancar “o cara”, mas foi avaliado em 14.800, para certa surpresa da maioria dos presentes na Arena e vaia por parte de alguns, já que foi a pior nota do ucraniano em todos os aparelhos.

Participação dos brasileiros
A final do individual geral desta quarta-feira teve a presença de dois atletas brasileiros, Sérgio Sasaki e Arthur Nory, entre os 24 ginastas mais completos do planeta.

Sasaki, que já havia disputado uma decisão olímpica na modalidade nos Jogos de Londres-2012, terminou na nona colocação geral, com destaque para suas performances no salto (foi o quarto melhor) e na barra fixa (o oitavo).

Nory, por sua vez, completou na 17ª posição, após dar show na barra fixa, com a segunda maior nota da competição, atrás apenas do campeão Kohei Uchimura, e no solo, sendo o quinto melhor.

Confira a classificação dos oito primeiros colocado e dos brasileiros:
1º Kohei Uchimura (JAP) – 92,365
2º Oleg Verniaiev (UCR) – 92,266
3º Max Whitlock (GBR) – 90,641
4º David Belyavskiy (RUS) – 90,498
5º Chaopan Lin (CHN) – 90,230
6º Shudi Deng (CHN) – 90,130
7º Samuel Mikulak (EUA) – 89,631
8º Niel Wilson (GBR) – 89,565
9º Sérgio Sasaki (BRA) – 89,198
17º Arthur Nory (BRA) – 87,331

Fontes: Rio 2016 | Agência EFE | Jornal Lance online.

Comentários