Esportes

Japão perde para Polônia, mas avança às oitavas na Copa

Defesa milagrosa do goleiro Kawashima também foi determinante para a classificação do Japão | Reprodução / Kyodo

Japão está na próxima fase devido ao critério disciplinar e à vitória da Colômbia sobre Senegal.

Mesmo perdendo nesta quinta-feira (28) para a eliminada Polônia, a equipe do Japão avançou às oitavas de final na Copa do Mundo na Rússia, graças ao critério disciplinar, visto que os japoneses receberam dois cartões amarelos a menos que o Senegal, país que terminou sua participação no evento rigorosamente empatado em números com os nipônicos, mas perdeu a vaga para a próxima fase porque recebeu mais cartões amarelos.

Sob vaias no fim do jogo disputado em Volgogrado, o Japão terminou com quatro pontos no Grupo H, contra os mesmos quatro pontos dos senegaleses, que empataram em todos os critérios, menos no número de cartões amarelos. Foram seis dos africanos contra apenas quatro dos asiáticos.

Enquanto isso, os colombianos, com seis pontos, garantiram a primeira colocação e esperam a definição no Grupo G.

O Jogo
Em busca de um resultado digno mesmo com a eliminação da Copa, a Polônia mostrou que iria buscar mais o jogo no começo do primeiro tempo.

O Japão, com situação tranquila, esperou e jogou no erro do adversário. Os japoneses chegaram três vezes. Em uma delas, Muto provocou boa defesa de Fabianski.

Goleiro japonês faz defesa histórica
A partida sofreu uma queda brusca de intensidade, mas estava por vir um dos lances mais incríveis da Copa, que foi proporcionado pelo goleiro do Japão.

Após cruzamento, o polonês Grosicki cabeceou no canto e exigiu uma defesa inacreditável do goleiro japonês Kawashima que, ainda no ar, tirou a bola que já parecia dentro do gol. Um dos lances mais belos da história dos mundiais. Usami tentou a resposta imediata no ataque, mas Fabianski defendeu bem.

Japão é castigado por tentar segurar empate
Resultado na mão e o Japão voltou do intervalo querendo controlar demais o jogo, mas foi castigado. A Polônia, mesmo com baixíssimo nível técnico, aproveitou uma bola parada para Bednarek abrir o placar. Com o 0 a 0 entre Senegal e Colômbia, naquele momento, os japoneses caíam de primeiro para terceiro no Grupo H.

Colombianos salvam os japoneses
Ficou bastante claro que quando o Japão precisou atacar, se mostrou bastante limitado e não estava bem na defesa. Se o próprio time não ajudava, o negócio era contar com o outro jogo que estava em andamento simultâneo: Colômbia x Senegal.

Então, o zagueiro Mina marcou para a Colômbia, que venceu Senegal por 1 a 0. A vitória resultou na classificação dos colombianos e também recolocou os japoneses nas oitavas pelo critério disciplinar, visto que Japão recebeu apenas quatro amarelos contra seis de Senegal.

Com o regulamento na mão, os asiáticos passaram a apenas tocar a bola e esperar o fim do jogo, uma atitude que provocou vaias em todo o estádio.

O Japão volta a campo na próxima segunda-feira, às 15 horas (de Brasília), em Rostov, contra o primeiro colocado do Grupo G – Inglaterra ou Bélgica – pelas oitavas de final do torneio.

FICHA TÉCNICA

JAPÃO 0 X 1 POLÔNIA
Local: Volgogrado Arena, Volgogrado (RUS)
Data-Hora: 28/6/2018 – 11h
Árbitro: Janny Sikazwe (ZAM)
Auxiliares: Jerson dos Santos (ANG) e Zakhele Siwela (AFS)
Público: Não disponível
Cartões amarelos: Makino (JAP)
Cartões vermelhos: –
Gols: Bednarek (14’/2ºT) (0-1)

JAPÃO: Kawashima; H. Sakai, Yoshida, Makino e Nagatomo; Yamaguchi e Shibasaki; G. Sakai, Okazaki (Osako, aos 2’/2ºT) e Usami (Inui, aos 20’/2ºT); Muto (Hasebe, aos 36’/2ºT). Técnico: Akira Nishino.

POLÔNIA: Fabianski; Bereszynski, Glik e Bednarek; Kurzawa (Peszko, aos 33’/2ºT), Krychowiak, Goralski e Jedrzejczyk; Zielinski (Teodorczyk, aos 34’/2ºT), Grosicki e Lewandowski. Técnico: Adam Nawalka.

Do Mundo-Nipo
Fontes: Lance | Veja Abril | Kyodo News.

Comentários