Meio ambiente e Energia

Agência Reguladora Nuclear do Japão lança centro de resposta emergencial

O centro com cerca de 700 metros quadrados é 3 vezes maior que o antigo.

Do Mundo-Nipo

A Autoridade Regulamentadora Nuclear (ARN) do Japão acaba de lançar seu novo centro de respostas de emergência em Tóquio.

O centro com cerca de 700 metros quadrados é 3 vezes maior que o antigo e pode acomodar até 200 pessoas.

Além do monitoramento em tempo real da condição das usinas nucleares do país e dos níveis de radiação em torno das mesmas, o centro está equipado com um sistema de vídeo-conferência.

Em uma simulação realizada para a imprensa, o sistema de vídeo-conferência foi conectado a um centro de emergência na usina de Oi, província de Fukui.

Durante a crise nuclear de 2011, o ex-regulador não conseguiu determinar a condição exata das usinas e nem se comunicar  bem com o gabinete do primeiro-ministro.

Shuichi Kaneko, chefe de prevenção de desastres na  ARN, disse que o centro de resposta utilizado durante o acidente de Fukushima Daiichi em 2011 estava superlotado e esmagado pela enorme tarefa de uma crise nuclear.

Kaneko disse que o novo sistema incorpora muitas lições aprendidas com a crise e deve ser capaz de responder no futuro caso ocorra um acidente.

 

Veja mais notícias sobre Meio Ambiente em mundo-nipo.com/meio-ambiente-e-energiaSiga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários