Meio ambiente e Energia Sociedade

Operadora da usina em Fukushima é condenada a pagar indenização por suicídio

Trata-se da primeira decisão do tipo desde que ocorreu o acidente nuclear no complexo Fukushima Daiichi.

Do Mundo-Nipo com Agência Kyodo

A operadora do danificado complexo nuclear Fukushima Daiichi foi condenada, nesta terça-feira (26), pelo tribunal da província de Fukushima a pagar uma indenização envolvendo um caso de suicídio ligado ao desastre nuclear em março de 2011.

 

Tepco é condenada a pagar indenização por suicídio (Imagem: Reprodução/NHK)

Trata-se da primeira decisão do tipo desde que ocorreu o acidente nuclear no complexo Fukushima Daiichi (Imagem: Reprodução/NHK)

 

Na decisão, a Corte Distrital de Fukushima reconheceu existir evidências suficientes que relacionassem o suicídio com o acidente nuclear. Trata-se da primeira decisão do tipo desde que ocorreu o acidente nuclear no complexo em Fukushima.

O Tribunal ordenou a Companhia de energia Elétrica de Tóquio (Tepco, Tokyo Electric Power) a pagar 49 milhões de ienes, cerca de US$ 470 mil, em indenizações aos familiares de Hamako Watanabe, que morreu após atear fogo no próprio corpo, aos 58 anos, depois de ter sido forçada a evacuar sua casa devido à crise nuclear gerada pelo usina Fukushima Daiichi.

O valor estipulado pelo tribunal representa pouco mais da metade dos 91 milhões de ienes (cerca de US$ 875 mil) exigidos inicialmente pelo marido de Watanabe e três outros parentes.

Ao decretar a decisão, o Juiz Naoyuki Shiomi disse que a angústia mental de Watanabe foi “enorme”, citando o desespero que sentia diante de um futuro incerto após ter sido “obrigada a se afastar de sua casa e da cidade onde nasceu”.

Esta é a primeira vez que a Tepco é condenada por um tribunal a pagar indenização por um suicídio que teria sido causado pelo acidente nuclear.

Esta é a primeira vez que a Tepco é condenada por um tribunal a pagar indenização por um suicídio que teria sido causado pelo acidente nuclear.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários