Política

Coreia do Norte afirma que testes com mísseis não têm Japão como alvo

A afirmação é do ministro norte-coreano das Relações Exteriores, Ri Su Yong.

Do Mundo-Nipo

O ministro japonês das Relações Exteriores, Fumio Kishida, disse que foi informado por sua contraparte da Coreia do Norte, Ri Su Yong, que os testes de lançamento de mísseis por parte do regime de Kim Jong-un “não têm o território japonês como alvo”, conforme informou nesta quinta-feira (14) a emissora pública ‘NHK’.

A emissora afirma em seu noticiário que a declaração de Yong aconteceu durante um encontro com Kishida, à parte da reunião de chanceleres da Associação das Nações do Sudeste Asiático (Asean), em Mianmar, no último domingo.

Durante a breve conversa, o chanceler japonês pediu a ao seu colega para que Pyongyang exerça o autocontrole, afirmando que repetidas provocações como disparos de mísseis balísticos, geralmente no Mar do Japão, provocariam um impacto negativo sobre as relações bilaterais.

Fumio Kishida exortou ainda a Coreia do Norte para conduzir uma investigação abrangente sobre o paradeiro de cidadãos japoneses sequestrados ou desaparecidos no país.

Ri Su Yong, por sua vez, teria respondido que os programas nuclear e de mísseis da Coreia do Norte não têm o Japão como alvo.

Um repórter da NHK afirmou que a declaração do chanceler norte-coreano parece refletir o desejo de criar desentendimentos entre Japão, Estados Unidos e Coreia do Sul, no tocante à questão nuclear e de testes com mísseis balísticos.

Após meses de relativa calma na península coreana, Pyongyang disparou vários projéteis de curto alcance no Mar do Japão desde 26 de junho. O último aconteceu em meados de julho, no que representou o 14º lançamento em 2014 e o quinto em apenas 17 dias.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários