Automóveis Notícias

Japão estabelece bases para condução autônoma Nivel 4

Ilustração de Chuan M. Ong

O Nível 4 não requer controle humano presencial ou remotamente, ou seja, é destinado a carros autônomos totalmente independentes.

O Ministério dos Transportes do Japão planeja introduzir requisitos mais rígidos de segurança para veículos autônomos, abrindo assim o caminho para ônibus e outros transportes públicos que possam operar sem motoristas humanos em comunidades rurais envelhecidas, informou o jornal japonês Nikkei Asia.

O Japão está procurando automação Nível 4, que não requer controle humano presencial ou remotamente, e assim fornecer uma solução de mobilidade para regiões remotas, onde os serviços de trânsito são quase inexistentes.

Segundo o Nikkei, os veículos de Nível 4 não precisariam operar de forma sem-autônoma, mesmo em mau tempo ou em situações de emergência, por isso são necessários padrões de segurança mais elevados, uma vez que as normas atuais cobrem apenas o Nível 3, que é baseado em humanos assumindo a condução em situações de emergências.

O ministro Kazuyoshi Akaba, do Ministério da Terra, Infraestrutura, Transporte e Turismo, pretende exigir controles mais sofisticados para esses veículos, tal como a capacidade de encostar de forma segura e autônoma para dar passagem a veículos de emergência, tais como ambulâncias, carros de bombeiros e de polícia. 

O plano é atualizar os requisitos de segurança para coincidir com uma alteração na Lei de Tráfego Rodoviário do Japão, prevista para o ano fiscal de 2022, que permitiria que veículos autônomos monitorados remotamente operassem dentro de determinadas regiões.

Em março, a cidade de Eiheiji, na província de Fukui, na costa do Mar do Japão, tornou-se o primeiro município japonês a lançar um serviço de transporte nível 3, onde um motorista supervisiona remotamente três veículos que transportam turistas.

Veículos autônomos Nivel 3 também foram testados em Fukushima, no nordeste do Japão | Foto: Reprodução / Eiki Sato

O ministério dos Transportes também testou ônibus autônomos em cinco locais, incluindo a cidade de Yokohama.

O governo pretende fornecer serviços de transporte nível 4 em 40 localidades em todo o país até 2025, e mais de 100 localidades até 2030.

A tecnologia de nível 4 não deve se tornar generalizada nos carros de passageiros do Japão até cerca de 2025, conforme noticiou ontem (16) o Nikkei.

== Mundo-Nipo (MN)