Ciência e Saúde

Mude sua rotina e ganhe uma vida mais saudável; veja como

Casal de japoneses correndo ao ar livre Foto Depositphotos 205131204 XL 900x600

Nutrição saudável e pratica de exercício físico é a chave para obter saúde. Juntos, ele fazem um verdadeiro milagre no corpo e na mente.

Atualizado em 29/03/2022

Toda pessoa que decide melhorar seus hábitos alimentares e físicos merece ser parabenizada. Isso porque a prática de exercício físico é a chave do sucesso para uma boa saúde, assim como uma nutrição saudável e, juntos, eles fazem um verdadeiro milagre tanto no corpo como na mente.

Pensando no bem-estar da população global, a Organização Mundial da Saúde (OMS) publicou novas diretrizes globais sobre atividade física e comportamento sedentário.

No documento, a entidade reforça a importância do exercício para a saúde e recomenda que os adultos aumentem o tempo de atividade física semanal, de 150 minutos para 300 minutos – até uma hora de exercícios por cinco dias ou 40 minutos por sete dias – ou façam 150 minutos de atividade física intensa por semana, mas somente quando não houver contraindicação médica.

Pessoas andando de bicicleta Foto
A atividade física é importante em qualquer idade ©Depositphotos

A atividade física regular pode prevenir e ajudar a controlar doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2 e câncer, que causam quase três quartos das mortes em todo o mundo. A atividade física também pode reduzir os sintomas de depressão e ansiedade, melhorar saúde mental e cognitiva, proporcionando qualidade do sono e bem-estar geral.

Diz a Organização Mundial da Saúde
Combinar exercícios com alimentação saudável

Quer você esteja procurando perder peso, construir massa muscular ou simplesmente ter um estilo de vida mais saudável, o que você come influencia diretamente a forma como o seu corpo percebe o exercício. Apostar em uma alimentação saudável e na prática de exercícios é semelhante a apostar em um live casino online, uma vez que é possível multiplicar os seus ganhos tanto na saúde, no “bolso” e, principalmente, obter auto estima.

Dieta, hábitos e exercícios

A intenção de obter uma boa saúde não se trata apenas de se exercitar e mudar a dieta, mas também está na qualidade do sono e na quantidade de ingestão de água. Embora a recomendação geral seja beber oito copos de água por dia, é importante aumentar o consumo de água ao começar a praticar exercícios físicos

O recomendado é beber o mínimo de meio litro e máximo de um litro completo de água por hora de exercício para evitar a desidratação por causa da transpiração.

Quando uma pessoa adulta começa a praticar exercícios físicos, é imprescindível ter uma boa noite de sono. Especialistas pedem mínimo de 8 horas de sono à noite, isso porque durante este período, o corpo executa diferentes funções metabólicas e trabalha para se recuperar do esforço que é feito durante o dia.

Jovem afro descendente americana fazendo alongamento
É imprescindível fazer alongamentos antes de iniciar qualquer tipo de atividade física ©Depositphotos
Combinar exercícios aeróbicos com anaeróbicos

Procure combinar exercícios aeróbicos, (andar, correr, nadar, pedalar, dançar, etc…), que aumentam a frequência cardíaca e queimam mais calorias, enquanto que os exercícios anaeróbicos são de resistência, como a musculação, uma vez que eles favorecem a hipertrofia muscular, ou seja, aumento da massa muscular.

Pessoas fazendo rotinas com peso
A musculação é a mais popular entre os exercícios anaeróbicos ©Depositphotos

Para começar, um iniciante na prática de exercícios pode correr ou andar três vezes por semana e praticar exercícios com pesos ou treinamento funcional duas vezes por semana. O primeiro ajuda a construir resistência dos pulmões e coração, alcançando assim uma evolução progressiva. Com isso, você será capaz de aumentar gradualmente a intensidade de exercícios se praticá-los regularmente. Já o treinamento de força é para tonificar os músculos e reduzir a gordura localizada.

O que comer e quando comer

Antes de fazer uma rotina de exercícios, é importante dar algum combustível ao corpo para que ele possa funcionar bem, evitando assim problemas como tonturas e até desmaios. Para isso, o recomendado é comer frutas, principalmente banana e maçã, uma vez que a primeira é rica em potássio e previne câimbras, enquanto a maçã fortalece o sistema imunológico, previne problemas cardiovasculares, entre outros benefícios à saúde.

DIeta para praticantes de exercicios fisicos Depositphotos 11042132 L 900
Combinar exercícios com alimentação saudável aumenta a longevidade do praticante ©Depositphotos

Ingerir vitaminas combinadas com cereais, frutas ricas em vitamina C, como a laranja e abacaxi, que é um potente desintoxicante natural, bem como o assaí, que potencializa o fortalecimento muscular, são aconselhadas para ajudar o corpo a resistir a uma boa rotina de exercícios. Porém, se ainda assim sentir cansaço, coma alguma coisa, como barra de cereal ou uma fruta durante a sua atividade.

Não se esqueça de levar a sua garrafa de água para a academia ou corrida, caminhada ou pedalada, uma vez que a água fornece energia, além de hidratar.

Ao término dos exercícios, continue a dar uma ajuda ao seu corpo com os alimentos para que tudo funcione bem.

Sinta-se confiante ao comer alimentos com vitaminas e minerais para ajudar na contração muscular e na energia. Uma dica de nutricionistas é preencher o prato com cores, principalmente vermelhas, amarelas e verde, pois isso indica uma abundância desses nutrientes.

Perca o medo de ingerir carboidratos, uma vez que é importante consumi-los antes e depois dos exercícios, pois eles serão o combustível que o corpo precisa para fazer bem o exercícios anaeróbicos sem se desgastar.

Inclua fibra em toda a sua alimentação. As fibras podem ser encontradas naturalmente em frutas, vegetais, folhas, grãos inteiros e leguminosas. Isto ajudará a limpar o intestino. Em contrapartida, reduza o pão branco e alimentos, de modo geral, preparados com produtos refinados. 

A gordura também é importante, desde que provenha de boas fontes. Tente procurar aqueles encontrados em vegetais como abacates, mangas e nozes, pois eles também têm fibras que o ajudam a digestão.

Quanto à carne e aos produtos animais, procure opções mais magras, isso porque eles têm mais proteína do que gordura. Inclua também em seu cardápio ovos, peixes e aves.

Orientação profissional

As dicas acima são baseadas em sugestões de profissionais da área de nutrição e de educação física. Contudo, todo corpo é um organismo individual, portanto, deve ser considerado os objetivos e limitações de cada pessoa.

Personal Trainer
©Depositphotos

Mediante isso, para obter uma qualidade alimentar e treinamento físico elaborado de acordo com a sua necessidade, o ideal é procurar orientação de nutricionistas e profissionais graduados em atividades físicas.

Fotos: Cortesia Depositphotos.

(Visited 1 times, 1 visits today)