Meteorologia Notícias

Terremoto de magnitude 6,6 abala o nordeste do Japão

©JMA / MN

O forte tremor deixou três feridos e foi sentido em várias regiões do Japão. Serviços de trem e aéreo foram paralisados.

  • 357
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    357
    Shares

Um forte terremoto de magnitude 6,8 atingiu a costa do nordeste do Japão no sábado (data local) e foi sentido em várias regiões do país, informou a Agência Meteorológica do Japão (JMA, na sigla em inglês), sinalizando que, apesar de forte, o tremor não ofereceu risco de tsunami. Contudo, autoridades locais reportaram que houve feridos, mas não há relatos de anormalidades nas usinas nucleares da região, informou o jorna Mainichi.

O tremor ocorreu por volta das 10h27 (local, 22h27 de sexta-feira em Brasília), com epicentro ao largo da costa da província de Miyagi, a uma profundidade de 60 quilômetros, de acordo com a JMA.

As cidades de Osaki, Wakuya e Ishinomaki, na província de Myagi, foram as mais afetadas pelo tremor, registrando intensidade de 5+ graus (forte) na escala japonesa, que vai de 1 até 7.

Várias localidades nas prefeituras vizinhas de Fukushima e Iwate, que foram devastadas pelo potente terremoto seguido de tsunami em março de 2011, no qual morreram mais de 18 mil pessoas, registraram grau 5 na escala japonesa, enquanto centenas de cidades em outras regiões, incluindo oeste, centro e norte, sofreram tremores entre 2 e -5 graus.

A magnitude na escala Richter (6,6) equivale à intensidade do terremoto no epicentro, enquanto a escala japonesa (+5) considera o nível de abalo sentido na superfície da terra.

A JMA havia alertado que um terremoto de até 5 graus na escala japonesa poderia ocorrer nos próximos sete dias na região.

Segundo o Mainichi, não foram detectadas irregularidades nas usinas nucleares Fukushima Daiichi e Fukushima Daini, de acordo com a Tokyo Electric Power, que é a operadora dos dois complexos.

Contudo, autoridades nas províncias de Fukushima e Miyagi relataram que um total de três pessoas ficaram feridas.

Algumas seções de vias expressas e serviços de trem de alta velocidade, incluindo as da Linha Tohoku Shinkansen, foram suspensas após o tremor, que também foi sentido em Tóquio. O serviço shinkansen (trem-bala) foi totalmente retomado após cerca de cinco horas de suspensão.

Feriado

O sábado marcou o primeiro dia do feriadão Golden Week (Semana Dourada), no qual milhões de pessoas no país aproveitam os cinco dias do extenso feriado para viajar. Mediante isso, multidões foram vistas evacuando estações de trens e aeroportos em razão do terremoto.

Apesar do susto, os serviços de transporte ferroviário e aéreo normalizaram completamente na parte da tarde.

Anel de Fogo do Pacífico

O Japão faz parte do chamado “Anel de Fogo do Pacífico”, uma das zonas sísmicas mais ativas do mundo, e sofre terremotos diariamente. Mediante isso, o país possui uma infraestrutura desenvolvida para resistir a tremores que poderiam ser fatais em outras partes do mundo.

*Veja no site da JMA os dados completos do tremor na costa de Fukushima, incluindo todas as cidades/áreas afetadas.

== Mundo-Nipo (MN)

  • 357
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    357
    Shares