Notícias

Lucro da Sony cresce abaixo do esperado; vendas de videogames caem

Foto: Stockvault

Mercado está preocupado com a divisão de videogames da Sony, já que o console PS4 está perto do fim de seu ciclo de vida.

A Sony reportou um lucro trimestral abaixo do esperado, citando como motivo a desaceleração nas vendas de videogames e em sua divisão mobile. Apesar disso, a empresa teve um desempenho recorde no período por conta da aquisição da gravadora EMI, o que gerou um ganho não recorrente.

De outubro a dezembro, o lucro operacional da companhia teve alta de 7,5%, para US$ 3,46 bilhões, um pouco abaixo das expectativas do mercado. No final do ano passado, a Sony se tornou a maior gravadora do mundo ao comprar a EMI US$ por 2,3 bilhões. O movimento impulsionou o crescimento da empresa no período.

A Sony se reinventou como um grupo de entretenimento com receita estável de negócios de música a jogos depois de enfrentar anos de perdas com eletrônicos, como smartphones e televisores, que são mais suscetíveis à competição de preço. Os investidores, porém, estão preocupados com a divisão de videogames da Sony, já que o console PlayStation 4 está perto do fim de seu ciclo de vida.

“As vendas de consoles caíram para 8,1 milhões de unidades no trimestre, mas isso cumpriu nossas expectativas para um produto que entra em seu sexto ano”, disse o vice-presidente financeiro da Sony, Hiroki Totoki. Em janeiro, a companhia revelou que o PS4 havia atingido a marca de 91,4 milhões de unidades vendidas na história, superando o seu antecessor, o PS3.

Ainda assim, o lucro da divisão de videogames caiu 14% no trimestre, uma vez que a popularidade de títulos como Marvel’s Spider-Man não conseguiu compensar a queda nas vendas de PS4. O resultado veio um dia depois que a rival Nintendo registrou um crescimento de 36% no lucro do trimestre, mas reduziu em 15% sua previsão de vendas do console Switch.

Com Agência Reuters.