Notícias

Coronavírus esvazia Maratona de Tóquio

Foto: Stockvault

Apenas atletas profissionais disputaram a maratona 2020, o que deixou o evento “esvaziado” em decorrência da epidemia do novo coronavírus.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A tradicional Maratona de Tóquio viveu uma edição atípica neste domingo. A corrida que geralmente reúne milhares de atletas, teve apenas 300 participantes devido à epidemia do novo coronavírus.

A prova foi liberada apenas para atletas de elite. Ao todo, 38 mil pessoas estavam inscritas na maratona, mas apenas 300 foram autorizadas.

Além do número menor de atletas, o público presente também foi menor comparado a outras edições.

Foram distribuídos máscaras cirúrgicas e desinfetante para as mãos para a equipe do evento e competidores.

O etíope Burhanu Legese venceu a prova masculina, e a israelense Lonah Chemtai, a feminina, marcando um novo recorde: 2 horas 17 minutos e 45 segundos. Na categoria paralímpica, os japonese dominaram: Tomoki Suzuki e Tsubasa Kina venceram as provas masculina e feminina, respectivamente.

Número de infectados

O Japão registrou mais de 200 casos positivos de infectados pelo novo coronavírus, enquanto outras 621 pessoas que estavam a bordo do navio Diamond Princess, mantido em quarentena no porto de Yokohama, também apresentaram resultados positivos.

As escolas públicas no Japão fecharam por duas semanas e a liga de futebol do Japão adiou os jogos.

Os Jogos Olímpicos de Tóquio, previstos para acontecer entre os dias 24 de julho e 9 de agosto, ainda estão mantidos.

Com Agência Reuters.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •