Notícias

Tecnologia japonesa contribui para o fornecimento de energia no Brasil

Subestação da Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista (CTEEP) | Foto: Lucas Galli / Futura Press

Pequenas usinas urbanas construídas por empresas japonesas estão crescendo 10% ao ano no Brasil.

Mais de dois terços da energia elétrica do Brasil é produzida em usinas hidrelétricas construídas ao longo do rio Amazonas e outros rios. Contudo, a distribuição de eletricidade é sempre prejudicada devido à condição climática e à distância entre as usinas e as áreas urbanas. Isso faz com que apagões ocorram frequentemente por causa da instabilidade no suprimento, informou neste sábado (1) a emissora estatal ‘NHK’.

Esse problema tem motivado uma crescente procura por usinas de energia elétrica de pequeno porte construídas por empresas japonesas em várias cidades brasileiras.

A Mitsui & Company, uma grande companhia japonesa de comércio internacional, está liderando os trabalhos de construção de usinas de pequeno porte em São Paulo e em outras cidades.

A companhia opera mais de 60 usinas a gás natural que utilizam tecnologia japonesa para a limpeza das emissões.

Supermercados, hotéis e fábricas são os principais beneficiados, assim como as empresas japonesas que operam no país.

Estima-se que o número de pequenas usinas urbanas esteja crescendo por volta de 10% ao ano no Brasil.

Ryo Miyajima, funcionário da Mitsui, diz que um abastecimento estável de eletricidade é indispensável para o crescimento da indústria brasileira. Diz, também, que a Mitsui espera contribuir à economia do Brasil através da geração de energia.

Fonte: NHK News Japan.