Notícias

Terremoto de magnitude 5,9 sacode o leste do Japão

Reprodução / JMA

Com epicentro na costa de Chiba, o forte tremor também foi sentido em uma ampla área do centro ao nordeste do Japão, inclusive em Tóquio.

Um forte terremoto de magnitude preliminar 5,9 na escala Richter sacudiu o leste do Japão na madrugada de sexta-feira (data local), informou a Agência Meteorológica do Japão (JMA, na sigla em inglês), acrescentando que, apesar de potente, o sismo não gerou risco de tsunami.

De acordo com a JMA, o tremor ocorreu às 3h24 de sexta-feira (15h24 de quinta-feira em Brasília), com epicentro registrado no Oceano Pacífico, próximo ao litoral da província de Chiba, a uma profundidade de 30 quilômetros abaixo da superfície marítima.

O terremoto registrou intensidade de 4 graus na escala sísmica japonesa, que vai até 7, na parte sul da província de Ibaraki e no nordeste da província de Chiba.

*A magnitude na escala Richter (5,9) equivale à intensidade do terremoto no epicentro, enquanto a escala japonesa (4) considera o nível de abalo sentido na superfície da terra.

O tremor também foi sentido em uma ampla área do centro ao nordeste do Japão, inclusive em Tóquio.

Até o momento, não houve relatos imediatos de feridos ou danos materiais causados ​​pelo terremoto.

Quase ao mesmo tempo que o tremor foi registrado na costa de Chiba, a Agência de Gerenciamento de Incêndios e Desastres emitiu um alerta de emergência, dizendo que “um terremoto com intensidade sísmica de até 5 graus na escala japonesa pode atingir o leste do Japão, “pedindo ainda aos moradores da região que se preparem para um forte abalo”.

Estruturas resistentes à tremores

O Japão faz parte do chamado “Anel de Fogo do Pacífico”, uma das zonas sísmicas mais ativas do mundo, e sofre terremotos diariamente. Mediante isso, o país possui uma infraestrutura desenvolvida para resistir tremores que poderiam ser fatais em outras partes do mundo.

Mundo-Nipo.com (MN)
Fontes: Kyodo News | Japan Meteorological Agency.