Oferta de emprego no Japão é a mais alta em 44 anos

O índice de desemprego teve uma leve elevação, a primeira em sete meses.
Trabalhadores japoneses Foto Akio Kon 01022017 01
Foto: Akio Kon

02/02/2018 – às 08h01 | Atualizado em 04/02/2018 – às 09h15


O número de postos de trabalho disponíveis no Japão se manteve em níveis recordes, subindo ainda mais em dezembro de 2017, quando atingiu seu nível mais alto em 44 anos, enquanto o índice de desemprego da população economicamente ativa do país subiu 0,1 ponto percentual, informou o governo do país na última quarta-feira, indicando que o mercado de trabalho continua apertado em meio à escassez de trabalhadores para uma grande oferta de trabalho.

De acordo com o relatório do Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social do Japão, a relação entre oferta de trabalho e candidato subiu para 1,59 em dezembro, ou seja, havia no país 159 vagas de empregos disponíveis para cada 100 pessoas em busca de trabalho no último mês de 2017.

O número é o mais alto já registrado no país desde de 1973, quando atingiu máxima histórica de 1,76.

Por sua vez, dados separados do Ministério dos Assuntos Internos e Comunicações mostraram que o índice de desemprego subiu para 2,8% em dezembro de 2017, ante 2,7% registrado em novembro do mesmo ano, piorando pela primeira vez em sete meses.

O resultado veio um ponto percentual acima da expectativa de mercado, que estimavam a taxa de desemprego situada em 2,7% no último mês do ano passado.

Do Mundo-Nipo
Fontes: Kyodo | Nikkei.

Total
1
Shares
Previous Article
Incendio em centro social no Japao 900x600 min

Incêndio em centro social no Japão deixa 11 mortos

Next Article
Zona industrial em Kawasaki Kanagawa Foto Reproducao Reuters 900x600 min

Produção industrial do Japão cresce pelo terceiro mês seguido

Related Posts