Notícias

Japão e Mercosul negociam parceria econômica

Foto: Montagem MN

Negociações ocorrem depois do acordo entre Mercosul e União Europeia anunciado durante a Cúpula do G20 em Osaka.

O Mercosul e o Japão iniciarão negociações sobre um acordo comercial, com o objetivo de aumentar o fluxo de produtos entre a região e o país, segundo fontes diplomáticas envolvidas diretamente na negociação, informou a revista Época.

O Japão, terceira maior economia do mundo, manifestou interesse diante do fechamento do acordo de livre-comércio do Mercosul com a União Europeia.

“O Japão não quer ficar de fora, por causa das montadoras. Se não houver acordo com o Mercosul, as montadoras japonesas, por exemplo, vão perder muito mercado para as europeias”, explicou um diplomata.

Com uma população estimada em aproximadamente 126 milhões de pessoas, o Japão já tem vários acordos comerciais, entre eles com a União Europeia. É também um dos membros da Parceria Transpacífica, área de livre-comércio que conta com Austrália, México, Canadá, Peru, Chile e outros.

É por meio da parceria, por exemplo, que o Peru importa carne da Austrália, um grande concorrente brasileiro no comércio mundial de carnes.

O Brasil era o principal destino de investimento japonês na América Latina, poucos anos atrás, mas o México assumiu esse lugar.

No Itamaraty, a expectativa é que seja possível fechar o acordo em até dois anos, caso haja foco nas negociações.

“O japonês demora muito para decidir, mas, depois que decide, é rápido para fechar toda a burocracia”, explica um diplomata.