Notícias

Terremoto de magnitude 4,8 atinge o leste do Japão

©StockVault

O tremor ocorre um dia após dois terremotos simultâneos atingirem cidades diferentes no Japão.

Um terremoto de magnitude 5,8 na escala Richter atingiu a região leste do Japão no início da madrugada deste sábado (horário local), sendo sentido em várias localidades da região metropolitana de Tóquio, informou a Agência meteorológica do Japão (JMA, na sigla em inglês), acrescentando que o tremor não gerou risco de tsunami.

De acordo com a agência japonesa, o terremoto ocorreu às 00h54 de sábado (13h54 de sexta-feira pelo horário de verão em Brasília), com epicentro registrado no noroeste da província de Chiba, com profundidade longa, de 80 quilômetros.

O abalo sísmico foi sentido mais intensamente em Tóquio e Kanagawa, onde atingiu intensidade máxima de 4 graus na escala japonesa, que vai até 7.

Apesar da magnitude média, o tremor também foi sentido em algumas cidades de Ibaraki, Tochigi, Gunma, Saitama e Chiba, atingindo 3 graus na escala japonesa.

O grau de magnitude na escala Richter equivale à intensidade do terremoto no epicentro, enquanto a escala japonesa considera o nível de abalo sentido na superfície da terra.

Até o momento, autoridades locais não reportaram danos a edificações ou relatos de pessoas feridas em consequência do tremor.

O Japão faz parte do chamado “Anel de Fogo do Pacífico”, uma das zonas sísmicas mais ativas do mundo, e sofre terremotos diariamente. Mediante isso, o país possui uma infraestrutura desenvolvida para resistir tremores que poderiam ser fatais em outras partes do mundo.

Terremotos simultâneos
Ontem (5), o Japão foi atingido por dois terremotos simultâneos em regiões diferentes. Ambos tiveram intensidade moderada e  não geraram risco de tsunami.

Segundo a JMA, um terremoto teve epicentro em Ibaraki, na região Kanto, às 11h02 locais de sexta-feira (5). O abalo sísmico atingiu magnitude de 4,4 na escala Richter e intensidade máxima de 3 graus na escala japonesa.

Já o outro tremor foi registrado em Toyama, perto da divisa com Ishikawa, também às 11h02 de ontem. O terremoto atingiu magnitude 3,9 na escala Richter e intensidade máxima de 3 graus na escala japonesa.

Inicialmente, a JMA emitiu alertas sobre um terremoto de magnitude superior a 6 graus na região de Kanto, mas depois corrigiu a informação para magnitude 4,4.

Segundo a emissora NHK, existe a possibilidade do órgão ter detectado os dois tremores em Toyama e Ibaraki como se fosse um só, já que ambos ocorreram simultaneamente.

Do Mundo-Nipo
Fontes: NHK World News | Agência Meteorológica do Japão.

Comentários