Notícias

Balanços corporativos seguem ajudando a Bolsa de Tóquio

Foto: Creative Commons

A bolsa na capital japonesa segue impulsionada pelos balanços positivos das empresas japonesas.

A Bolsa de Valores de Tóquio fechou em leve alta nesta segunda-feira (6) e ampliou sua máxima em mais de 21 anos, sustentada por ações de empresas que divulgaram balanços positivos e de petrolíferas.

O índice Nikkei, que reúne as ações mais negociadas da capital japonesa, subiu 0,04% e encerrou o pregão aos 22.548,35 pontos, maior valor de fechamento desde o final de junho de 1996.

Na sexta-feira, o mercado financeiro em Tóquio não operou devido a um feriado no Japão, enquanto na véspera, o Nikkei encerrou o último pregão da semana de forma adiantada com ganho acumulado de 2,4%. Foi a oitava semana consecutiva de valorização do índice, maior sequência desde o final de 2015, segundo o jornal financeiro ‘Nikkei’.

Os papeis que mais valorizaram em Tóquio foram das empresas Hitachi Zosen (+8,25%); Nippon Sheet Glass (+5,83%) e Sumitomo (+4,63%).

Já o pior desempenho da sessão foi da Furukawa Electric, que desabou 15,67%; seguida pela Sapporo Holdings (-6,01%) e Mazda Motor (-4,31%).

Do Mundo-Nipo
Fontes: Estadão Conteúdo |Agência IN.

» Veja os fechamentos anteriores da Bolsa de Valores de Tóquio