Notícias

Sobe para 58 o número de mortos em chuvas torrenciais no Japão

Cidade de Omuta, em Fukuoka | Foto: Kyodo

Temporais causaram inundações, deslizamentos de terra, destruição de casas, de rodovias e de pontes no sul e centro do Japão.

  • 410
  •  
  •  
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
    411
    Shares

As fortes chuvas que têm castigado o Japão desde a semana passada, principalmente no sudoeste do país, deixou pelo menos 58 mortos e 17 feridos, de acordo com boletim apurado na quarta-feira (8) e divulgado pela NHK News, site de noticias da emissora estatal japonesa.

Depois de atingir fortemente a ilha de Kyushu, no sul do país, as tempestades seguiram para o sudoeste e agora pairam em regiões no centro de Honshu, principal ilha do Japão, onde foi declarado estado de alerta devido a passagem dos temporais, segundo a Kyodo News.

Nessas áreas, o registro pluviométrico atual é o maior em algumas décadas e vem provocando grandes danos materiais.

Além de Fukuoka e Kumamoto, em Kyushu, as prefeituras de Gifu e Nagano, localizadas em Chubu, região central de Honshu, são as mais afetadas pelas chuvas. O governo do Japão elevou o alarme nessas regiões para o máximo e recomendou a evacuação de 220 mil pessoas.

Várias localidades em Kumamoto estão tomadas de lama após sofrer com inundações causadas pelas fortes chuvas no início da semana | Foto: Kyodo

Em alguns pontos, o índice pluviométrico acumulado chegou a 800 milímetros. Diversos rios transbordaram, deslizamentos de terra foram registrados, casas foram destruídas, assim como rodovias e pontes.

Desde o sul ao centro do país, equipes de resgate seguem trabalhando em busca de sobreviventes, que agora somam 17 desaparecidos. 

Segundo a Kyodo News, o governo do Japão pretende designar as áreas mais atingidas como “desastre natural grave”. Nessa condição, as prefeituras poderão receber ajudas financeiras emergenciais designadas para recuperação de danos.

A Agência Meteorológica do Japão (JMA, na sigla em inglês) prevê que, apesar da chegada ao centro do país, as chuvas fortes sigam acontecendo no sul e sudoeste nos próximos dias.

Mundo-Nipo (MN)
Fontes: NHK News | Kyodo News | JMA.

Atualizado em 09/07/2020.

  • 410
  •  
  •  
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
    411
    Shares