Sobe para 58 o número de mortos em chuvas torrenciais no Japão

Temporais causaram inundações, deslizamentos de terra, destruição de casas, de rodovias e de pontes no sul e centro do Japão.
Cidade de Omuta em Fukuoka Foto Kyodo
Cidade de Omuta, em Fukuoka | Foto: Kyodo

As fortes chuvas que têm castigado o Japão desde a semana passada, principalmente no sudoeste do país, deixou pelo menos 58 mortos e 17 feridos, de acordo com boletim apurado na quarta-feira (8) e divulgado pela NHK News, site de noticias da emissora estatal japonesa.

Depois de atingir fortemente a ilha de Kyushu, no sul do país, as tempestades seguiram para o sudoeste e agora pairam em regiões no centro de Honshu, principal ilha do Japão, onde foi declarado estado de alerta devido a passagem dos temporais, segundo a Kyodo News.

Nessas áreas, o registro pluviométrico atual é o maior em algumas décadas e vem provocando grandes danos materiais.

Além de Fukuoka e Kumamoto, em Kyushu, as prefeituras de Gifu e Nagano, localizadas em Chubu, região central de Honshu, são as mais afetadas pelas chuvas. O governo do Japão elevou o alarme nessas regiões para o máximo e recomendou a evacuação de 220 mil pessoas.

Kumamoto sofreu com inundações após as chuvas no início da semana Foto Kyodo
Várias localidades em Kumamoto estão tomadas de lama após sofrer com inundações causadas pelas fortes chuvas no início da semana | Foto: Kyodo

Em alguns pontos, o índice pluviométrico acumulado chegou a 800 milímetros. Diversos rios transbordaram, deslizamentos de terra foram registrados, casas foram destruídas, assim como rodovias e pontes.

Desde o sul ao centro do país, equipes de resgate seguem trabalhando em busca de sobreviventes, que agora somam 17 desaparecidos. 

Segundo a Kyodo News, o governo do Japão pretende designar as áreas mais atingidas como “desastre natural grave”. Nessa condição, as prefeituras poderão receber ajudas financeiras emergenciais designadas para recuperação de danos.

A Agência Meteorológica do Japão (JMA, na sigla em inglês) prevê que, apesar da chegada ao centro do país, as chuvas fortes sigam acontecendo no sul e sudoeste nos próximos dias.

Mundo-Nipo (MN)
Fontes: NHK News | Kyodo News | JMA.

cone de atualização 01 Atualizado em 09/07/2020.

Total
53
Shares
Previous Article
Sannenzaka em Kyoto Foto Muza chan compressed

Os 10 melhores destinos turísticos no Japão, segundo turistas

Next Article
Supercomputador Fugaku Foto Distribuição

Japão tem o supercomputador mais rápido do mundo; veja ranking

Related Posts