Notícias

Tempestade de neve atinge províncias na costa do Mar do Japão

©Reprodução/Kyodo

Em 24 horas de nevascas ininterruptas, o acúmulo de neve chegou a 65cm em Niigata e 55cm em Nagano, onde é esperado mais neve no final de semana.

Fortes nevascas caíram em uma ampla área ao longo da costa do Mar do Japão (oeste), bem como no centro e leste do país, de terça a quarta-feira, informou a Agência Meteorológica do Japão (JMA), que emitiu alerta de ventos fortes em todo o arquipélago, mesmo após a queda da neve ter dado trégua nesta quarta-feira.

Foram registrados até 65 centímetros de neve na província de Niigata e 55 centímetros na província de Nagano durante 24 horas até a manhã de quarta-feira, segundo a JMA, que prevê mais neve para Nagano ao longo do final de semana.

©Reprodução/Kyodo

Na região metropolitana de Tóquio, a primeira neve da estação foi observada em Kumagaya, na província de Saitama, 11 dias depois do habitual, mas 13 dias mais cedo do que no inverno passado.

A Agência Meteorológica também pediu cautela em relação a riscos de incêndio ao longo da costa do Pacífico devido ao ar seco e ventos fortes.

Graças a um novo supercomputador lançado em junho, a JMA espera poder liberar as previsões de hora em hora até o ano fiscal de 2021.

A Agência acredita que previsões antecipadas e precisas ajudarão as pessoas a ajustar seus horários de viagem ou a fazer desvios escolhendo rotas mais segura, o que ajudará a evitar acidentes nas estradas escorregadias por causa do gelo, bem como prevenir congestionamentos em rodovias bloqueadas pela neve.

No ano passado, o volume de neve que caiu em Tóquio, nessa mesma época, atingiu o seu maior nível em quatro anos. O acumulo de neve em várias localidades interromperam os meios de transporte e paralisaram o comércio na capital.

Depois, em fevereiro, cerca de milhares de veículos ficaram encalhados ao longo de 10 quilômetros em uma estrada na província de Fukui, no sul do Japão, por 48 horas. Os motoristas foram pegos de surpresa por uma inesperada nevasca.

Para incentivar a população a se preparar melhor quanto a mudanças climáticas bruscas e, assim, evitar transtornos, a JMA informou que planeja estender sua atual previsão de neve de dois para três dias, ou seja, a neve poderá cair desde o leste até o oeste do país (incluindo a região central e o extremo norte) até sábado.

Do Mundo-Nipo
Fonte: Kyodo News.