Notícias

Economia do Japão no 3º trimestre é revisada para cima

Foto: Asian Nikkei Free

PIB japonês cresceu 1,8% entre julho e setembro ante leitura preliminar de avanço de 0,2%, enquanto o consumo privado foi revisado para alta 0,5%.

A economia do Japão no terceiro trimestre foi revisada a um ritmo muito mais rápido do que inicialmente calculado, uma vez que a demanda doméstica resiliente e os gastos das empresas compensaram a queda nas exportações e tensões comerciais globais.

O Produto Interno Bruto (PIB) japonês cresceu 1,8% entre julho e setembro em termos anualizados, contra leitura preliminar de avanço de 0,2%, informou na segunda-feira (9) o Escritório do Gabinete.

O crescimento mais firme marcou o quarto trimestre consecutivo de expansão e também superou a expectativa de economistas de um ganho de 0,7%. O resultado se deveu principalmente a melhoras nos gastos de capital e consumo privado.

Entretanto, analistas dizem que a força do terceiro trimestre, que marcou o crescimento mais fraco no ano, mascara alguma fragilidade que pode levar a um desempenho muito mais fraco à frente.

“Embora a economia do Japão tenha expandido mais rapidamente antes do aumento do imposto sobre vendas de outubro do que inicialmente estimado, a produção deve encolher em 2020”, disse Marcel Thieliant, economista sênior do Capital Economics.

O consumo privado, que representa cerca de 60% da economia japonesa, aumentou 0,5% em comparação com uma estimativa inicial de 0,4%. Os gastos de capital manteve o aumento de 0,9% da leitura preliminar, enquanto as exportações caíram 0,7%, segundo dados revisados.

MN – Mundo-Nipo.com
Fontes: Agência Reuters | Estadão Internacional.