Notícias

Tufão Shanshan faz 6 feridos e causa interrupção de transportes no Japão

©Kyodo

Com ventos de 180 km/h, o poderoso tufão causou paralisação de trens e cancelamento de mais de 250 voos.

O poderoso tufão Shanshan, que avança lentamente pela costa norte do Japão com fortes chuvas e rajadas de vento, provocou o cancelamento de mais de 250 voos e interrupções nos serviços de trens, deixando ainda pelo menos 6 pessoas feridas.

A Agência Meteorológica do Japão (JMA na sigla em inglês) informou que o 13° ciclone da temporada no Pacífico, o Shanshan, seguia para o norte a cerca de 15 quilômetros por hora, após ter passado sobre a província de Ibaraki.

Os aeroportos de Narita e de Sendai, entre outros, decidiram cancelar cerca de 104 voos, tantos nacionais quanto internacionais, enquanto ontem 160 foram suspensos por causa dos ventos que chegaram a alcançar 180 km/h.

A companhia ferroviária East Japan Railways advertiu que a circulação de alguns trens seria interrompida em alguns trajetos na quinta-feira (9), o que já foi normalizado em alguns pontos nessa manhã de sexta-feira (data local).

A estimativa é de que o Shanshan descarregue 157 milímetros de chuva em algumas áreas de Saitama, e 127,5 milímetros na cidade de Fukushima, no nordeste do país, até a noite de sexta-feira (10), indicou a agência.

Entre quarta-feira e quinta-feira, pelo menos 6 pessoas ficaram feridas e as autoridades de Chiba emitiram uma ordem de retirada, o que afetou 97 mil moradores.

A JMA recomenda cautela diante das marés e ondas altas e das rajadas de ventos de até 126 km/h que o ciclone levará, em seu avanço lento, durante as próximas 24 horas.

Com a Agência EFE Brasil