Notícias

Japão revisa economia para forte alta de 3%

Foto: Stockvault

O excelente resultado confirma o retorno da economia japonesa a uma trajetória de crescimento.

Atualizado em 14/09/2018


A economia do Japão cresceu mais do que o inicialmente estimado no trimestre no segundo trimestre, uma vez que as empresas no país se viram obrigadas a gastar acima do projetado em meio à grave escassez de mão de obra, mostraram dados do governo divulgados nesta segunda-feira (10).

O Produto Interno Bruto (PIB)  japonês cresceu a um ritmo anualizado de 3,0% no trimestre de abril a junho, melhor que a estimativa inicial de 1,9%. Em termos não anualizados, a economia expandiu 0,7% em relação ao trimestre anterior, ante o valor preliminar de 0,5%.

Os resultados de segunda-feira confirmam o retorno da terceira maior economia do mundo a uma trajetória de crescimento depois que uma contração de 0,9% no primeiro trimestre encerrou o maior período de crescimento em 28 anos.

Dada uma visão forte dos gastos das empresas mostrada nos dados recentes do Ministério das Finanças, os economistas esperavam que os resultados de segunda-feira mostrassem uma expansão mais rápida.

As despesas de capital do setor privado aumentaram 3,1% em relação ao trimestre anterior, em comparação com uma estimativa inicial de aumento de 1,3%.

Os números revisados mostram que a demanda doméstica adicionou 0,9 ponto percentual ao crescimento no trimestre abril-junho. O consumo privado aumentou 0,7%, inalterado em relação à estimativa inicial. Enquanto isso, a demanda externa líquida subtraiu 0,1 ponto percentual do crescimento.

Os analistas esperam que a economia japonesa permaneça no caminho certo por algum tempo, a menos que os conflitos comerciais piorem com o governo Trump, que está estudando tarifas de até 25% sobre exportações de veículos e autopeças.

Com Valor Online Internacional.