Notícias

Bilionário japonês doa US$ 9 milhões no Twitter

Yusaku Maezawa | Foto: Shin Ishizuka / Edição MN

O jovem bilionário Yusaku Maezawa diz que a doação de dinheiro para seus seguidores no Twitter é um “experimento social”.

Fundador de uma empresa avaliada em mais de US$ 8 bilhões, o jovem bilionário japonês Yusaku Maezawa está doando US$ 9 milhões para seus seguidores do Twitter no que ele diz ser um “experimento social” para ver se o dinheiro aumentará a felicidade deles.

Maezawa doará 1 milhão de ienes (cerca de US$ 9 milhões) para 1 mil seguidores selecionados aleatoriamente entre aqueles que retuitaram um post dele em 1º de janeiro.

“É um experimento social sério”, disse Maezawa no YouTube, acrescentando que espera atrair o interesse de acadêmicos e economistas.

O fundador do Zozo, segundo maior site de compras online do Japão, foi apresentado no ano passado como o primeiro passageiro em um voo para a Lua, marcado para 2023, em um foguete construído pela Space Explorations Technologies.

Antes do anúncio, a notoriedade internacional sobre o bilionário japonês, de 44 anos, se baseava principalmente em seus altos gastos em obras de arte e carros esportivos, além de uma predileção por refletir sobre ideias como um mundo sem dinheiro.

Ele teve a ideia de renda básica que seria basicamente fornecer um pagamento periódico sem compromisso a todos os cidadãos. A ideia ganhou força em alguns círculos políticos e é apoiada pelo candidato presidencial democrata dos EUA, Andrew Yang.

“Básico significa uma quantidade mínima regular que oferece uma sensação de segurança, o que Maezawa está oferecendo é totalmente diferente”, disse Toshihiro Nagahama, economista sênior do Dai-ichi Life Research Institute.

Maezawa disse que como “tem dinheiro e tempo livre” para efetuar os pagamentos, sentiu a necessidade de tentar inspirar um debate maior sobre os méritos da teoria no Japão.

CONTEÚDO RELACIONADO
Bilionário japonês diz que segredo de seu sucesso é ‘trabalhar menos’

A ideia de uma renda básica universal ganhou apoio sobre temores de que a tecnologia, como a inteligência artificial, acabe com um grande número de empregos, mas essa preocupação é agora menos pronunciada no Japão com seu mercado de trabalho apertado, diz Nagahama.

O debate sobre a renda básica ocorre em meio à desigualdade de renda que continua a crescer nos Estados Unidos, onde nos últimos anos alguns de seus empresários mais ricos, como Bill Gates e Warren Buffett se comprometeram a ceder parte de sua riqueza.

Maezawa, que recentemente ganhou as manchetes após se separar da namorada Ayame Goriki, reuniu quase 7 milhões de seguidores no Twitter com sua mistura de exibições de consumo e pronunciamentos folclóricos sobre o significado da vida.

No Twitter abaixo Maezawa explica:

“Adicionei legendas em inglês ao meu vídeo do YouTube, no qual explica a minha doação de 1 bilhão de ienes [para mil seguidores]. Espero que você possa assistir [ao vídeo] e assim entender a verdadeira razão pela qual estou fazendo esta doação.
youtu.be/JfulqIBiVfQ“.

O YouTube é a mais recente investida do empresário, com vídeos que incluem um passeio em seu jato particular, uma visita ao barbeiro para pintar o cabelo e atualizar sua carteira bancária.

Mundo-Nipo.com (MN)
Fontes: Agência Bloomberg | Portal G1.

Matéria atualizada em 18/01/2020.